Biblioteca Unidesc

Seja bem-vindo a Biblioteca do UNIDESC!

Por aqui você acessa o portal da Capes.

APRESENTAÇÃO

A Biblioteca UNIDESC presta suporte de apoio técnico informacional e epistemológico aos cursos oferecidos pela instituição. Tem por objetivo oferecer serviços de informação que subsidiem as atividades  de ensino, pesquisa e extensão e que fomentem o desenvolvimento intelectual e cultural da comunidade acadêmica.

 

Atendimento: biblioteca@unidesc.edu.br (38783136)

Bibliotecária Responsável: ana.carolina@unidesc.edu.br (38783137)

A Biblioteca do Centro Universitário de Desenvolvimento do Centro Oeste se localiza:

Biblioteca – Campus I

BR 040, Km 16.

Acesso à Cidade Ocidental

Fone: (061) 3878 3100 Ramais 3136 e 3137.

CEP: 72.800.000 – Luziânia – GO

A Biblioteca funciona nos seguintes horários:

Biblioteca “Campus I”: 2ª – 6ª feira das 08:00h às 21:45h e aos sábados de 8:00h às 13:00h.

REGULAMENTO

REGULAMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE DESENVOLVIMENTO DO CENTRO-OESTE – Luziânia – GO

2016

REGULAMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA – UNIDESC

DA MISSÃO 

Art. 1º – A Biblioteca tem por missão:

I – oferecer apoio aos programas acadêmicos da Instituição, através do desenvolvimento de serviços e produtos de informação que atendam às exigências de relevância e rapidez;

II – reunir, organizar e manter a memória documental da Instituição;

III – produzir atividades culturais de interesse da comunidade acadêmica.

DA COMPETÊNCIA 

Parágrafo único – Compete à Biblioteca os serviços de coleta, tratamento, armazenamento, recuperação e disseminação da informação em suas diferentes manifestações.

DA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL 

Art. 1º – A Biblioteca do Centro Universitário de Desenvolvimento do Centro-Oeste, está diretamente subordinada à Direção Geral.

Art. 2º – A estrutura organizacional da biblioteca é composta por:

I – Seção de Coordenação;

II – Seção de Processamento Técnico;

III – Seção de Referência e Circulação

Art. 3º – Cabe a Coordenação da Biblioteca, definir o funcionamento dos serviços, respeitando a demanda dos usuários.

DA RESPONSABILIDADE TÉCNICA 

Art. 1º – Consoante o disposto no art. 5º, XIII, da Constituição Federal, combinado com o art. 6º da Lei 4.084, de 30 de junho de 1962, a responsabilidade técnica da organização e coordenação da Biblioteca é de competência de profissional especializado, com graduação em Biblioteconomia, e devidamente registrado no Conselho Regional correspondente.

Art. 2º – À Coordenação de Biblioteca compete:

I – planejar, coordenar, supervisionar e avaliar os recursos e as atividades da Biblioteca;

II – acompanhar o movimento editorial nas diversas áreas do conhecimento de interesse da Instituição;

III – coordenar o processo de seleção bibliográfica e de multimeios para o acervo;

IV – estabelecer política de desenvolvimento e manutenção de coleções com a finalidade de manter o equilíbrio e a atualização do acervo;

V – proceder ao registro específico de patrimônio da Biblioteca nos documentos que forem incorporados ao acervo;

VI – verificar com a coordenação dos cursos as bibliografias utilizadas em cada semestre e emitir listas de aquisição, quando necessário, para adequar o acervo às necessidades dos cursos;

VII – executar atividades de comutação bibliográfica;

XIII – efetuar serviços de disseminação da informação;

IX – estabelecer convênios cooperativos para promover intercâmbio de informações e empréstimos com bibliotecas de outras organizações.

X – participar da realização de eventos, quando pertinentes à Biblioteca;

XI – anotar dados para fins estatísticos;

XII – cumprir e fazer cumprir as diretrizes e normas da biblioteca;

XIII – comparecer, quando convocado, às reuniões realizadas pela Direção;

XIV – integrar órgãos da Administração da Instituição;

XV – participar de projetos de construção ou reforma das instalações da Biblioteca;

XVI – coordenar o treinamento em serviço de pessoal da biblioteca;

XVII – elaborar relatório semestral das atividades;

XVIII – atender à comissões de avaliação de cursos;

XIX – realizar outras atividades afins.

Art. 3º – À Seção de Processamento Técnico compete:

I – efetuar a catalogação dos documentos recebidos;

II – efetuar a indexação dos documentos recebidos;

III – efetuar a classificação dos documentos recebidos;

IV – inserir o registro dos documentos na base de dados da Biblioteca;

V – quando necessário, efetuar a correção da catalogação, indexação e classificação dos registros já inseridos na base de dados da Biblioteca;

VI – colocar as etiquetas de classificação nos documentos;

VII – elaborar resumos;

VIII – elaborar fichas catalográficas para monografias.

Art. 4º – À Seção de Referência e Circulação compete:

I – orientar os usuários na utilização do acervo;

II – orientar os usuários sobre as normas de empréstimo, devolução, renovação e reserva dos documentos;

III – efetuar empréstimo, devolução, renovação e reserva dos documentos;

IV – comunicar ao usuário quando o documento reservado pó ele se encontrar disponível para empréstimo;

V – realizar pesquisas bibliográficas em fontes impressas, on-line e CDs;

VI – orientar e acompanhar a pesquisa dos usuários nos acervos de revistas e jornais, vídeos e CD-Rom;

VII – organizar e recolocar os documentos nas estantes;

VIII – efetuar a cobrança de documentos com atraso na devolução;

IX – emitir guia de pagamento de multas de documentos co atraso na devolução;

X – emitir Nada Consta quando da renovação de matrícula dos alunos;

XI – emitir autorização de saída de documentos para cópia.

DA INFRAESTRUTURA 

Art. 1º – A Biblioteca UNIDESC está instalada no pátio central da instituiução e constam de seu mobiliário e equipamentos:

  • · Balcão de Recepção;
  • · Balcão de Atendimento ao usuário;
  • · Instalações Técnico Administrativas;
  • · Salas de Estudo em Grupo;
  • · Salões de Estudo em Grupo;
  • · Cabines de Estudo Individual;
  • · Acervo de Periódicos;
  • · Acervo de Livros e Monografias de Conclusão de Curso;
  • · Acervo de Multimeios;
  • · Mesas de Estudo em Grupo;
  • · Computadores para consulta na Internet;

DOS USUÁRIOS 

Art. 1º – A Biblioteca tem como grupo de usuários os professores, alunos, funcionários, pesquisadores e a comunidade.

Art. 2º – São direitos dos usuários:

I – receber da equipe da Biblioteca atendimento educado, cortês e gentil;

II – ter uma Biblioteca arejada, iluminada e limpa que proporcione ambiente agradável para desenvolvimento dos estudos;

III – ter uma Biblioteca com mobiliário de qualidade que proporcione ambiente adequado para concentração e estudo.

IV – ter uma Biblioteca bem sinalizada e de fácil acesso a todos os serviços;

V – receber atendimento de pesquisa bibliográfica num tempo máximo de 20 (vinte) minutos;

VI – receber atendimento de empréstimo, devolução, reserva e/ou renovação num tempo máximo de 15 (quinze) minutos;

VII – tempo de espera na fila do Balcão de Atendimento ao Usuário de no máximo 20 (vinte) minutos;

VIII – receber resposta à pesquisas solicitadas via formulário no Balcão de Atendimento ao Usuário em tempo máximo de 3 (três) dias;

IX – receber resposta à pesquisas solicitadas via e-mail em tempo máximo de 3 (três) dias;

X – obter informações sobre os serviços da Biblioteca por telefone;

XI – efetuar sugestões ou reclamações pelo serviço de e-mail do Bibliotecário, pelo telefone ou pessoalmente;

XII – receber as respostas às suas sugestões ou reclamações individualmente em prazo máximo de 3 (três) dias.

Art. 3º – São deveres dos Usuários:

I – tratar os funcionários da Biblioteca com respeito e cortesia;

II – preservar o acervo bibliográfico que é patrimônio da Instituição, e demais materiais;

III – abster-se da prática de atos que possam perturbar o sossego necessário à concentração dos que tiverem estudando e/ou pesquisando, dentre eles, conversar em voz alta e utilizar aparelhos celulares;

IV – não dobrar, marcar, sublinhar ou escrever observações nas publicações;

V – não retirar material da Biblioteca sem o efetivo registro do empréstimo ou autorização de saída;

VI – não fumar no recinto da Biblioteca;

VII – não trazer alimentos e bebidas para o recinto da Biblioteca;

VIII – não fazer trabalhos de recorte, colagem ou pintura no recinto da Biblioteca;

IX – proceder à devolução da (s) obra (s) sob sua responsabilidade no prazo determinado.

DOS PRODUTOS E SERVIÇOS 

Art. 1º – Cabe a biblioteca realizar os serviços de:

I – Empréstimo individual do acervo bibliográfico;

II – Pesquisa bibliográfica;

III – Empréstimo entre bibliotecas;

IV – Disseminação da informação: Serviço de Alerta (divulgação das novas aquisições da biblioteca) e Sumários de Periódicos;

V – Treinamento de usuários;

VI – Pesquisa na Internet;

VII – Elaboração de fichas catalográficas para monografias de conclusão de cursos de graduação e pós-graduação das Faculdades Integradas Promove.

DOS RELATÓRIOS 

Parágrafo único – A Biblioteca encaminhará semestralmente à Direção do Centro Universitário de Desenvolvimento do Centro-Oeste relatório e dados estatísticos relacionados às suas atividades.

DO ACERVO 

Art. 1º – O acervo é constituído de livros e periódicos, obras de referência, monografias de fim de curso dos alunos da Instituição, CDs, fitas de vídeo, documentos afins, outros materiais que vierem a ser incorporados ao seu patrimônio e acesso a redes de informação on-line.

Art. 2º – O acervo é organizado de acordo com princípios e normas técnicas adequadas.

Art. 3º – O desenvolvimento da coleção se dará através de doação, permuta ou compra, sendo obrigatório o registro dos itens incorporados ao acervo da Biblioteca.

Art. 4 – As doações serão incorporadas ao acervo após análise de pertinência. Os itens não pertinentes serão repassados para outras unidades de informação.

Art. 5º – O acervo de livros e monografias de fim de curso são de livre acesso aos usuários;

Art. 6º – O acervo de periódicos é parcialmente aberto aos usuários, sendo permitida a consulta local com a presença de funcionários.

Art. 7º – O acervo de vídeos e CD-ROMs é parcialmente aberto aos usuários, sendo permitido o empréstimo domiciliar.

DO USO DO ACERVO 

Art. 1º – É permitido o livre acesso as estantes e a consulta dos livros nas salas de estudo.

Art. 2º – Os livros consultados devem ser deixados deitados sobre as prateleiras, sobre as mesas ou entregues no Balcão de Atendimento ao Usuário. A recolocação dos livros no acervo é serviço exclusivo dos funcionários da Biblioteca.

Art. 3º – É permitida a consulta a revistas e jornais desde que seja realizada no salão principal de estudo em grupo.

Art. 4º – É permitida a retirada dos livros, revistas, monografias de final de curso e jornais para xerox mediante autorização de saída e retenção de documento de identificação do usuário ou funcional.

Art. 5º – As monografias de final de curso são restritas à consulta interna.

DO EMPRÉSTIMO 

Art. 1º – Os usuários poderão realizar o empréstimo mediante prévio cadastramento no Balcão de Atendimento ao Usuário da Biblioteca.

Art. 2º – A realização do cadastramento será feita na presença do usuário que deve apresentar um documento de identificação com foto.

Art. 3º – O prazo para empréstimo dos documentos do acervo bibliográfico para alunos será de 10 (dez) dias.

Art. 4º – O prazo para empréstimo dos documentos do acervo bibliográfico para professores será de 20 (vinte) dias.

Art. 5º – Aos alunos é permitido o empréstimo de até no máximo 3 (três) obras ao mesmo tempo;

Art. 6º – Aos professores é permitido o empréstimo de até no máximo 4 (quatro) obras ao mesmo tempo;

Art. 7º – O empréstimo de vídeos é limitado por 48 horas para professores e alunos.

Art. 8º – A renovação do empréstimo se dará presencialmente mediante a apresentação da obra a ser renovada e da carteirinha da biblioteca ou  documento de identificação do usuário com foto.

Art. 9º – Em caso de atraso na devolução será cobrada multa de dois reais (R$ 2,00) por dia de atraso e por obra.

DAS PERDAS E DANOS 

Art. 1º – O usuário é responsável pelo uso do material, seja para consulta na Biblioteca ou empréstimo;

Art. 2º – Qualquer obra danificada ou extraviada pelo usuário deverá ser substituída por exemplar idêntico ou caso a obra esteja esgotada, outro de interesse da Biblioteca, com a custa arcada pelo usuário responsável pelo dano ou extravio. Para extravio, a Biblioteca adota as seguintes normas:

I – Em caso de obra perdida, o aluno terá que repor o mesmo material (novo), da mesma edição ou mais atualizada e arcar com a multa, se o material adquirido for entregue fora do prazo de devolução;

II – Em caso de furto ou roubo de material bibliográfico, se o usuário apresentar o Boletim de Ocorrência (B.O.), terá que repor o mesmo material, da mesma edição ou mais atualizada num prazo de 30 dias sem pagar multa por atraso. Podendo o usuário adquirir a obra em Livraria de livros usados, deste que esteja em boas condições de uso, avaliado pelo bibliotecário.

Art. 3º – Caso o dano consistir apenas em estrago que não comprometa o conteúdo da obra, o ressarcimento consistirá em sua recuperação (encadernação) a ser providenciada pelo responsável.

DA DOCUMENTAÇÃO HISTÓRICA 

Parágrafo único – Fica instituído na Biblioteca o Serviço de Documentação Histórica do Centro Universitário de Desenvolvimento do Centro-Oeste, destinado a preservar a memória da Instituição. Compõe a documentação histórica os folhetos, material de propaganda, artigos publicados em revista e jornais sobre a Instituição, fotografias e manual do candidato para os processos seletivos já realizados.

DA BIBLIOTECA VIRTUAL 

Parágrafo único – A Coordenação da Biblioteca envidará esforços para a manutenção e permanente atualização da página da Biblioteca em seu site na Internet e possíveis redes internas.

DO USO DAS SALAS DE ESTUDO

Art. 1º – Salas de estudo em grupo:

I – poderão ser utilizadas por grupos de 2 (dois) a 6 (seis) alunos, sendo proibida a ausência da sala por mais de 20 minutos;

II – é vetada a reserva antecipada das salas de estudo, e sua ocupação se dará por ordem de chegada dos grupos;

III – o tempo máximo de utilização das salas é de duas horas;

IV – a solicitação de autorização de uso das salas será feita no Balcão de Recepção mediante preenchimento de formulário;

V – é vetado o uso de aparelho celular;

VII – é vetada a remoção de mobiliário;

VIII – é vetado o consumo de alimentos e bebidas;

IX – é vetado qualquer comportamento dos usuários que não seja condizente co o ambiente de estudo;

Art. 2º – Salão de estudo individual;

I – é vetada a conversação nesse setor;

II – é vetado o uso de aparelho celular;

III – é vetado o uso de equipamentos de áudio;

IV – é vetada a remoção de mobiliário;

V – é vetado o consumo de alimentos e bebidas;

VI – é vetado qualquer comportamento dos usuários que não seja condizente com o ambiente de estudo;

Art. 3º – Salões de estudo em grupo:

I – é vetada a conversação em voz alta nesse setor;

II – é vetado o uso de aparelho celular;

III – é vetado o uso de equipamentos de áudio;

IV – é vetada a remoção de mobiliário;

V – é vetado o consumo de alimentos e bebidas;

VI – é vetado qualquer comportamento dos usuários que não seja condizente com o ambiente de estudo;

Parágrafo único – É vetado o uso do espaço físico da Biblioteca para execução de aulas;

DO USO DOS MICROCOMPUTADORES PARA PESQUISA NA INTERNET

Art. 1º – Os computadores são para pesquisa, principalmente de caráter acadêmico, utilizando-se da Internet para acessar sites nas áreas de atividades dos Cursos oferecidos pelo UNIDESC, de utilidade pública ou cultural.

Art. 2º – São normas para uso dos computadores:

I – A utilização é feita mediante disponibilidade dos computadores, por períodos de 30 (trinta) minutos, podendo ser renovada por mais 30 (trinta) minutos caso não haja outros usuários na espera;

II – Para que as atividades de estudo próximas aos computadores não sejam afetadas, será permitida apenas uma pessoa por máquina;

III – É vetado a utilização dos computadores para digitação de trabalhos acadêmicos ou pessoais, fazer downloads (carregamento de programas ou arquivos oriundos de sites ou ftp);

IV – É vetada a instalação de programas ou armazenagem de arquivos pessoais no HD dos computadores;

V – É vetado acessar sites de teor ilegal ou que coloque em risco a integridade dos equipamentos;

VI – É vetado remover arquivos ou copiar arquivos dos computadores ou alterar qualquer uma das configurações dos computadores;

VII – É vetado o acesso a bate-papos (chats);

Parágrafo único – A constatação de qualquer uma das atividades vetadas implicará em suspensão imediata do direito de uso do computador no dia. A reincidência ocasionará a suspensão de 15 (quinze) a 30 (trinta) dias do direito de uso dos computadores na Biblioteca. Caso necessário o fato será levado à Direção da Instituição.

DO HORÁRIO

Art. 1º – Horário de funcionamento da Biblioteca é de segunda a sexta-feira das 8:00 às 21:45 e sábado das 9:00 às 13:00.

Art. 2º – Horário de atendimento ao usuário é de segunda a sexta-feira das 8:00 às 21:45 e sábado das 9:00 às 13:00.

Art. 3º – Horário de uso dos terminais de Internet é de segunda a sexta-feira das 8:00 às 21:45 e sábado das 9:00 às 13:00.

Art. 4º – A Coordenação da Biblioteca em conjunto com a Direção da Instituição determinarão os horários de funcionamento, conforme interesse da Instituição e demanda de usuários.

 

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 1º -As dúvidas suscitadas na aplicação deste regimento e os casos omissos serão objeto de deliberação pela Coordenação da Biblioteca ou seus superiores hierárquicos.

Art. 2º – Este regimento entrará em vigor na data de sua publicação.

Art. 3º – Revogam-se as disposições em contrário.

BASE DE DADOS - PERIÓDICOS ONLINE

BASES DE DADOS E PERIÓDICOS ONLINE – ACESSO LIVRE

SEPARADOS POR ÁREAS DO CONHECIMENTO

  • CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS (CIÊNCIAS CONTÁBEIS)
  • Base de dados On-line

EVENTOS. CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE – CFC

BANCO DE TESES E DISSERTAÇÕES DE CONTABILIDADE DA USP

DEPARTAMENTO DE CONTABILIDADE UFSC

  • Periódicos On-Line

ACCOUNTING RESEARCH JOURNAL – (Acesso somente pela rede da UCS)

BASE: REVISTA DE ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DA UNISINOS

CONTABILIDADE VISTA & REVISTA
PENSAR CONTÁBIL
REVISTA BRASILEIRA DE CONTABILIDADE

REVISTA BRASILEIRA DE FINANÇAS
REVISTA CATARINENSE DA CIÊNCIA CONTÁBIL
REVISTA CONTABILIDADE & FINANÇAS
REVISTA CONTABILIDADE & FINANÇAS (ONLINE)
REVISTA CONTEMPORÂNEA DE CONTABILIDADE
 (UFSC)
REVISTA DE CONTABILIDADE DO MESTRADO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS
REVISTA DE ECONOMIA & RELAÇÕES INTERNACIONAIS
REVISTA DE ESTUDOS TRIBUTÁRIOS

REVISTA MINEIRA DE CONTABILIDADE

REVISTA PORTUGUESA E BRASILEIRA DE GESTÃO (RIO DE JANEIRO)
REVISTA TRIBUTÁRIA E DE FINANÇAS PÚBLICAS
REVISTA UNIVERSO CONTÁBIL
 (ONLINE)
UNB CONTÁBIL
FGV – REVISTA CONJUNTURA ECONÔMICA
ACCOUNTING FORUM – (Acesso somente pela rede da UCS)

CONTABILIDADE, GESTÃO E GOVERNANÇA

CONTEXTO: REVISTA DO NÚCLEO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM CONTABILIDADE (UFRGS)

CONTEXTUS : REVISTA CONTEMPORÂNEA DE ECONOMIA E GESTÃO

CUADERNOS DE CONTABILIDAD

CUSTOS E @GRONEGÓCIOS

E-CIVITAS

ENFOQUE: REFLEXÃO CONTÁBIL

RACE: REVISTA DE ADMINISTRAÇÃO, CONTABILIDADE E ECONOMIA

RACEF : REVISTA DE ADMINISTRAÇÃO, CONTABILIDADE E ECONOMIA DA FUNDACE

REGISTRO CONTÁBIL: RECONT

REGRAD : REVISTA ELETRÔNICA DE GRADUAÇÃO DO UNIVEM

REUNIR: REVISTA DE ADMINISTRAÇÃO, CONTABILIDADE E SUSTENTABILIDADE

REVISTA AMBIENTE CONTÁBIL

REVISTA CATARINENSE DA CIÊNCIA CONTÁBIL

REVISTA CONTABILIDADE & FINANÇAS

REVISTA CONTABILIDADE E CONTROLADORIA: RC&C

REVISTA CONTEMPORÂNEA DE CONTABILIDADE: RCC

REVISTA DE ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DA FAT

REVISTA DE CONTABILIDADE DA UFBA

REVISTA DE CONTABILIDADE DO MESTRADO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA UERJ

REVISTA DE EDUCAÇÃO E PESQUISA EM CONTABILIDADE

REVISTA DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL

REVISTA ENFOQUE: REFLEXÃO CONTÁBIL

REVISTA TERCEIRO SETOR

REVISTO UNIVERSO CONTÁBIL

  • CIÊNCIAS DA SAÚDE (FARMÁCIA)
  • Base de Dados On-Line

BVS

LILACS
ERIC
HEMERED
SCIELO

  • Periódicos On-Line

REVISTA DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS BÁSICA E APLICADA

REVISTA SAÚDE E DESENVOLVIMENTO

REVISTA SAÚDE QUÂNTICA

REVISTA PHARMACIA BRASILEIRA

REVISTA EBCF

REVISTA BRASILEIRA DE FARMÁCIA

ACTA SCIENTIARUM. HEALTH SCIENCE

ADVANCES IN PHARMACOLOGICAL SCIENCES

AMERICAN JOURNAL OF CLINICAL PATHOLOGY

ARCHIVOS VENEZOLANOS DE FARMACOLOGIA Y TERAPEUTICA

BULLETIN OF THE WORLD HEALTH ORGANIZATION

CHEMICAL PHARMACEUTICAL BULLETIN

JOURNAL OF EXCIPIENTS AND FOOD CHEMICALS

JOURNAL OF PHARMCEUTICAL EDUCATION AND RESEARCH : JPER

JOURNAL OF VENOMOUS ANIMALS AND TOXINS

JOURNAL OF VENOMOUS ANIMALS AND TOXINS INCLUDING TROPICAL DISEASES

MOLECULAR PHARMACOLOGY

PERSPECTIVES IN MEDICINAL CHEMISTRY

PHARMACIA: AN INTERNATIONAL JOURNAL OF PHARMACEUTICAL SCIENCES

PHARMACOLOGICAL REPORTS

PHARMACOLOGICAL REVIEWS

PHARMACOLOGYONLINE

PLANTA DANINHA

REVISTA BRASILEIRA DE ANÁLISES CLÍNICAS : RBAC

REVISTA BRASILEIRA DE FARMACOGNOSIA

REVISTA CUBANA DE FARMACIA

REVISTA DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS BÁSICA E APLICADA

REVISTA ELETRÔNICA DE FARMÁCIA

REVISTA LA BOTICA

REVISTA ELETRÔNICA DE FARMÁCIA

QUIMICA NOVA

  • CIÊNCIAS DA SAÚDE (FISIOTERAPIA)
  • Base de Dados On-Line

BVS

LILACS
ERIC
HEMERED
SCIELO

  • Periódicos On-Line

FISIOTERAPIA EM MOVIMENTO

REVISTA INSPIRAR – MOVIMENTO E SAÚDE

REVISTA NOVA FISIO

REVISTA ACTA FISIÁTRICA

REVISTA SOBAMA

FISIOTERAPIA E PESQUISA – USP

REVISTA FISIOBRASIL

FISIOTERAPIA EM EVIDÊNCIA

REVISTA BRASILEIRA DE FISIOTERAPIA DO TRABALHO

FISIOTERAPIA (MADRID) 

FISIOTERAPIA EM MOVIMENTO

HISTÓRIA, SAÚDE : MANGUINHOS

INTERNATIONAL JOURNAL OF PHYSIOTHERAPY & REHABIBLITATION

OPEN ACCESS JOURNAL OS SPORTS MEDICINE

REVISTA BRASILEIRA DE FISIOTERAPIA

REVISTA BRASILEIRA DE MEDICINA DO ESPORTE

REVISTA IBEROAMERICANA DE FISIOTERAPIA Y KINESIOLOGÍA 

SAÚDE E PESQUISA

SEMINA : CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE

SOUTH AFRICAN JOURNAL OS SPORTS MEDICINE

UNIVERSITAS CIÊNCIAS DA SAÚDE

  • CIÊNCIAS DA SAÚDE (EDUCAÇÃO FÍSICA)
  • Base de Dados On-Line

BVS

LILACS
ERIC
HEMERED
SCIELO

  • Periódicos On-Line

REVISTA EDUCAÇÃO FÍSICA

RUNNIER’S

AÇÃO & MOVIMENTO

ACTA BRASILEIRA DO MOVIMENTO HUMANO

AEHESIS

AMERICAN EDUCATIONAL RESEARCH JOURNAL

AMERICAN JOURNAL OF SPORTS MEDICINE

ARQUIVOS EM MOVIMENTO

BRITISH JOURNAL OF SPORTS MEDICINE

CADERNO DE EDUCAÇÃO FÍSICA : ESTUDOS E REFLEXÕES

CINERGIS

EDUCAÇÃO FÍSICA EM REVISTA

EDUCATIONAL AND PSYCHOLOGICAL MEASUREMENT ESPORTE E SOCIEDADEREVISTA DIGITAL

EUROPEAN PHYSICAL EDUCATION REVIEW 

REVSTA BRASILEIRA DE FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO

FITNESS & PERFORMANCE JOURNAL

JOURNAL OF ATHLETIC TRAINING

JOURNAL OF THE INTERNATIONAL SOCIETY OS SPORTS NUTRITION

JOURNAL OF SPORT ADMINISTRATION & SUPERVISION

JOURNAL OS SPORTS SCIENCES

KNEE SUGERY, SPORTS TRAUMATOLOGY, ARTHROSCOPY 

JLECTURAS : EDUCACIÓN FÍSICA Y DEPORTES : REVISTA DIGITAL

LICERE : REVISTA DO PROGRAMA INTERDISCIPLINAR DE MESTRADO EM LAZER/UFMG

MOTRIVIVÊNCIA

MOTRIZ : REVISTA DE EDUCAÇÃO FÍSICA / UNESP

MOVIMENTO

PENSAR A PRÁTICA

REVISTA BRASILEIRA DE ATIVIDADE FÍSICA & SAÚDE

REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIA E MOVIMENTO : RBCM

REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS DO ESPORTE

REVISTA BRASILEIRA DE CINEANTROPOMETRIA & DESEMPENHO HUMANO : RBCDH

REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE – RBEFE

REVISTA BRASILEIRA DE MEDICINA DO ESPORTE

REVISTA BRASILEIRA DE PRESCRIÇÃO E FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO

REVISTA DA EDUCAÇÃO FÍSICA / UEM

REVISTA INTERNACIONAL DE MEDICINA Y CIENCIAS DE LA ACTIVIDAD FÍSICA Y DEL DEPORT

REVISTA MACKENZIE DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE

REVISTA PAULISTA DE EDUCAÇÃO FÍSICA

REVISTA PORTUGUESA DE CIÊNCIAS DO DESPORTO

  • CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA (CURSOS DA ÁREA DE INFORMÁTICA, COMPUTAÇÃO – TADS, TSI, REDES)
  • Base de Dados On-Line

EDUBASE
ERIC
HEMERED
SCIELO

  • Periódicos On-Line

REVISTA DE COMPUTAÇÃO E TECNOLOGIA DA PUC-SP

REVISTA DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGIA

REVISTA JÚNIOR DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EM CIÊNCIAS E ENGENHARIA

REVISTA SCIENTIA TEC

CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO

 REVISTA PC & CIA

REVISTA DE INFORMÁTICA TEÓRICA E APLICADA – RITA

IEEE REVISTA DEL IEEE AMÉRICA LATINA

REVISTA DE BIOMATEMÁTICA

REVISTA RENOTE – NOVAS TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO

PRÁTICAS EM INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO

REVISTA CIENTÍFICA DA FATEC

JOURNAL OF INTEGRATED CIRCUITS AND SYSTEMS

REVISTA BRASILEIRA DE REDES DE COMPUTADORES E SISTEMAS DISTRIBUÍDOS

REVISTA BRASILEIRA DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO – RBIE

INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO: TEORIA E PRÁTICA

REVISTA DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA – TEAR

REVISTA ELETRÔNICA DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO – RESI

JOURNAL OF COMPUTER NETWORKS AND COMMUNICATIONS

DISTRIBUTED SYSTEMS ENGINEERING

JOURNAL OF INTERNET SERVICES AND APPLICATIONS

SOFTWARE QUALITY JOURNAL

JOURNAL OF INFORMATION AND DATA MANAGEMENT

SBC JOURNAL ON 3D INTERACTIVE SYSTEMS

TEMA – TENDÊNCIAS EM MATEMÁTICA APLICADA E COMPUTACIONAL

REVISTA DE ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA

ESTATÍSTICA E SOCIEDADE

JORNAL OF INFORMATION SYSTEMS AND TECHNOLOGY MANAGEMENT

JOURNAL OF THE OPERATIONAL RESEARCH SOCIETY

REVISTA ELETRÔNICA DE ADMINISTRAÇÃO – READ

JOURNAL OF COMPUTER SCIENCE

COMPUTER MAGAZINE – IEEE COMPUTER SOCIETY

REVISTA DE INFORMÁTICA APLICADA – JOURNAL OF APPLIED COMPUTING

SEMINA: CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS

CHICAGO JOURNAL OF THEORETICAL COMPUTER SCIENCE

COMPUTATIONAL AND APPLIED MATHEMATICS

COMPUTER MEDIATED COMMUNICATION MAGAZINE (CMC MAGAZINE)

CONTROLE E AUTOMAÇÃO: REVISTA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE AUTOMÁTICA (SBA)

DISTRIBUTED SYSTEMS ENGINEERING

E-LEARNING MAGAZINE

EDUCAUSE QUATERLY

EPTIC: REVISTA DE ECONOMÍA POLÍTICA DE LAS TECNOLOGÍAS DE LA INFORMACIÓN Y DE LA COMUNICACIÓN

GEOINFORMATICA – Acesso somente pela rede da UCS

INFORMS JOURNAL ON COMPUTING

JOURNAL OF THE BRAZILIAN COMPUTER SOCIETY

MITSUBISHI ELECTRIC ADVANCE

REVISTA DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGIA

REVISTA DE INFORMAÇÃO E TECNOLOGIA : RIT

REVISTA DE INFORMÁTICA TEÓRICA E APLICADA : RITA

TENDÊNCIAS EM MATEMÁTICA APLICADA E COMPUTACIONAL : TEMA

UBIQUITY

  • CIÊNCIAS AGRÁRIAS (AGRONOMIA, MEDICINA VETERINÁRIA, ZOOTECNIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS) 
  • Base de Dados On-Line

PORTAL FOME DE SEGURANÇA ALIMENTAR

AGRICOLA
BVS MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA
CENA – CENTRO DE ENERGIA NUCLEAR DA AGRICULTURA
CRMV-MG – PROJETO BIBLIOTECA
EMBRAPA

FAO – BASES DE DADOS
IBAMA

NAL- NATIONAL AGRICULTURAL LIBRARY
REPIDISCA
SAVE SISTEMAS
SBICAFE
SCIELO

SOLARIS

AGRICULTURE NETWORK INF CENTER
BIBLIOTECA IPEF
CENA – CENTRO DE ENERGIA NUCLEAR DA AGRICULTURA
CRMV-MG – PROJETO BIBLIOTECA
EMBRAPA

FAO – BASES DE DADOS
FNP CONSULTORIA E COMÉRCIO
FUNDAÇÃO ANDRÉ TONSELLO
IBAMA

REPIDISCA
SAVE SISTEMAS
SBICAFE
SCIELO

SOCIEDADE BRASILEIRA DE ENG. AGRICOLA

  • Periódicos On-Line – Agronomia

ABASTECER BRASIL

ACTA AMAZÔNICA

ACTA BOTANICA BRASILICA

ACTA ZOOLÓGICA MEXICANA

AGRARIAN

AGRONOMIA

AGRONOMIA : O PORTAL DA CIÊNCIA E DA TECNOLOGIA

AGRONOMIA COLOMBIANA

AGROSSILVICULTURA

AGROTRÓPICA

ALMANAQUE DO CAMPO

AMBIÊNCIA 

ANIMAL BUSINESS BRASIL

ANIMAL REPRODUCTION
BOLETIM DE INDUSTRIA ANIMAL

ANNUAL REPORT

ARQUIVO BRASILEIRO DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA

BAHIA AGRÍCOLA,

BETTER CROPS WITH PLANT FOOD

BETTER CROPS INTERNATIONAL

BOLETIM DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE METEOROLOGIA

BOLETIM INFORMATIVO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE CIÊNCIAS DO SOLO

BRAHMAN NEWS

BRAZILIAN JOURNAL OF GENETICS

BRAZILIAN JOURNAL OF PLANT PHYSIOLOGY

BRAZILIAN JOURNAL OF VETERINARY RESEARCH AND ANIMAL SCIENCE

CADERNOS UNIVERSIDADE DO CAFÉ

CATÁLOGO NACIONAL DE VARIEDADES “RB” DE CANA-DE-AÇÚCAR

CIÊNCIA E PRÁTICA

CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS

CIÊNCIA RURAL

CITRUS

COFFEE SCIENCE

CONTROL DE EROSION

CULTIVAR GRANDES CULTURAS

DINHEIRO RURAL

EMBRAPA

ENCICLOPÉDIA BIOSFERA

ENERGIA NA AGRICULTURA
ENGENHARIA AMBIENTAL: PESQUISA E TECNOLOGIA
INFORMAÇÕES AGRONÔMICAS
IRRIGA
REVISTA BRASILEIRA DE HERBICIDAS
REVISTA BRASILEIRA DE REPRODUÇÃO ANIMAL

REVISTA BRASILEIRA DE TECNOLOGIA DE ALIMENTOS
REVISTA DA ANPOLL
REVISTA DA FACULDADE DE ZOOTECNIA, VETERINÁRIA E AGRONOMIA DA PUCRS

ENGENHARIA AGRÍCOLA

EXTENSÃO EM FOCO

FAZU EM REVISTA

FITOPATOLOGIA BRASILEIRA

HORTICULTURA BRASILEIRA

IHERINGIA SÉRIE ZOOLOGIA

INDÚSTRIA EM AÇÃO

INFORMACIONES AGRONÓMICAS DEL HISPANOAMÉRICA

JIRCAS NEWSLETTER

LIBERAÇÃO NACIONAL DE NOVAS VARIEDADES “RB” DE CANA-DE-AÇÚCAR

MAGAZINE AGROFEST

NEOTROPICAL ENTOMOLOGY

NIPONICA

NOSSO ALHO

NOTICIÁRIO TORTUGA

NUCLEUS

PAMPA PAMPIANO

PESQUISA AGROPECUÁRIA BRASILEIRA

PESQUISA EM FOCO

PESQUISA FLORESTAL BRASILEIRA

PESQUISA VETERINÁRIA BRASILEIRA (PVB)

PESTICIDAS: REVISTA DE ECOTOXICOLOGIA E MEIO AMBIENTE

PLAN AGROPECUÁRIO

PLANETA ARROZ

PLANTA DANINHA

PLANTA DANINHA

REVISTA A GRANJA

REVISTA AGRÁRIA | CIÊNCIAS AGRÁRIAS

REVISTA AGROANALISYS

REVISTA AGROBRASIL

REVISTA AGROGEOAMBIENTAL

REVISTA AGROPECUÁRIA TROPICAL

REVISTA ANTUMAPU

REVISTA ÁRVORE

REVISTA ASGAV

REVISTA AVICULTURA

REVISTA AVICULTURA INDUSTRIAL

REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIA AVÍCOLA (BRAZILIAN JOURNAL OF POULTRY SCIENCE)

REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIA DO SOLO

REVISTA BRASILEIRA DE ENTOMOLOGIA

REVISTA BRASILEIRA DE FISIOLOGIA VEGETAL

REVISTA BRASILEIRA DE FRUTICULTURA

REVISTA BRASILEIRA DE SEMENTES

REVISTA BRASILEIRA DE ZOOTECNIA (RBZ)

REVISTA CAFEICULTURA

REVISTA CAMPO & NEGÓCIOS

REVISTA CANAVIEIROS

REVISTA CAVALOS

REVISTO CERRADO RURAL

REVISTA CULTIVAR MÁQUINAS

REVISTA CULTIVAR – GRANDES CULTURAS

REVISTA DE CIÊNCIAS AGRONÔMICAS

REVISTA DE ECONOMIA AGRÍCOLA

REVISTA DE ECONOMIA E SOCIOLOGIA RURAL

REVISTA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA ULBRA

REVISTA DE POLÍTICA AGRÍCOLA

REVISTA GADO GIROLANDO

REVISTA GADO SIMENTAL

REVISTA GEODÉSIA

REVISTA GESTÃO PECUÁRIA

REVISTA GLOBO RURAL

REVISTA HIDROPONIA

REVISTA LATICÍNIOS

REVISTA NELORE

REVISTA PLANTIO DIRETO

REVISTA RURAL

REVISTA VISAO DA AGROINDÚSTRIA

REVISTA ZEBU

SCIENTIA AGRARIA PARANAENSIS

SCIENTIA AGRÍCOLA

STEVIANA

SUMMA PHYTOPATHOLOGICA

TERRA BOA AGRONEGÓCIOS

VIDALIA

  • Periódicos On-Line – Medicina Veterinária

ACTA SCIENTIAE VETERINARIAE

ACTA VETERINARIA

AGRARIAN

ALIMENTOS E NUTRIÇÃO ARARAQUARA

ARCHIVES OF VETERINARY SCIENCE

ARQUIVO BRASILEIRO DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA 

ARQUIVO BRASILEIRO DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA

ARQUIVOS DE CIÊNCIAS VETERINÁRIAS E ZOOLOGIA DA UNIPAR

BIOSCIENCE JOURNAL

BRAZILIAN JOURNAL OF VETERINARY RESEARCH AND ANIMAL SCIENCE

CIÊNCIA ANIMAL BRASILEIRA

CIÊNCIA RURAL

COLLOQUIUM AGRARIAE

ENCICLOPÉDIA BIOSFERA

JORNAL BRASILEIRO DE CIÊNCIA ANIMAL

JOURNAL OF VENOMOUS ANIMALS AND TOXINS INCLUDING TROPICAL DISEASES

PESQUISA AGROPECUÁRIA BRASILEIRA

PESQUISA AGROPECUÁRIA BRASILEIRA

PESQUISA VETERINÁRIA BRASILEIRA

PESQUISA VETERINÁRIA BRASILEIRA = BRAZILIAN JOURNAL OF VETERINARY RESEARCH

REVISTA ANALECTA VETERINARIA

REVISTA BRASILEIRA DE AGROCIÊNCIA 

REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIA AGRÁRIA 

REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIA AVÍCOLA 

REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIA VETERINÁRIA

REVISTA BRASILEIRA DE PARASITOLOGIA VETERINÁRIA

REVISTA BRASILEIRA DE SAÚDE E PRODUÇÃO ANIMAL 

REVISTA BRASILEIRA DE ZOOCIÊNCIAS 

REVISTA BRASILEIRA DE ZOOLOGIA

REVISTA BRASILEIRA DE ZOOTECNIA

REVISTA CIENTÍFICA DE PRODUÇÃO ANIMAL 

REVISTA DA FACULDADE DE ZOOTECNIA, VETERINÁRIA E AGRONOMIA

REVISTA MEDICINA VETERINÁRIA

SCIENTIFIC JOURNAL OF AGRICULTURE

SCIENTIFIC JOURNAL OF ANIMAL SCIENCE

SCIENTIFIC JOURNAL OF VETERINARY ADVANCES

SCIENTIFIC JOURNAL OF ZOOLOGY

SEMINA. CIÊNCIAS AGRÁRIAS

VETERINÁRIA EM FOCO

VETERINARIA ITALIANA

VETERINÁRIA NOTÍCIA

  • ENGENHARIAS (ENGENHARIA CIVIL, CONSTRUÇÃO CIVIL, ENGENHARIA DA PRODUÇÃO)
  • Bases de Dados On-Line

ANGRAD

BIBLIOTECA DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DE MINAS GERAIS

BIBLIOTECA DO SENADO

BIREME

CONSELHO NACIONAL DE DESENV. CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO – CNPQ

DIALOG

EBSCO

EMERALD

FINDARTICLES

IBICT

JSTOR

LEXIS-NEXIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA

MINISTÉRIO DA CULTURA

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO

PROJETO VERCIAL – BASE LITERATURA PORTUGUESA

SISTEMA DE INFORMAÇÃO C&T

SCIELO – THE SCIENTIFIC ELETRONIC LIBRARY ONLINE

  • Periódicos On-Line
AMBIENTE CONSTRUÍDO
AÇÃO AMBIENTAL
AÇÃO ERGONÔMICA
ÁGUAS SUBTERRÂNEAS
AMBIENTE CONSTRUIDO ONLINE
ANGRAD
ANTAC: ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE TECNOLOGIA DO AMBIENTE CONSTRUÍDO
ARQUITETURA & CONSTRUÇÃO:
BIOTECNOLOGIA: CIÊNCIA E DESENVOLVIMENTO
BOLETÍN GEOLÓGICO Y MINERO
BRASIL SUSTENTÁVEL:
CADERNOS DE ENGENHARIA DE ESTRUTURAS
CARTA CAPITAL
CIÊNCIA & TECNOLOGIA
CIENCIA DA INFORMAÇÃO
CIMENTO HOJE – ABCP:
CIRP JOURNAL OF MANUFACTURING SYSTEMS
COMPUTERS IN INDUSTRY
COMUNICATIONS IN A NUMERICAL METHODS IN ENGENEERING (ONLINE)
CONSTRUÇÃO MERCADO:
CONSTRUTORES EM REVISTA:
CONTABILIDADE VISTA E REVISTA
CONTROLE & AUTOMAÇÃO
CORROSION ENGINEERING, SCIENCE AND TECHNOLOGY
ECONOMIA E ENERGIA:
ECONOMIA E TECNOLOGIA UFPR
ECOS: REVISTA QUADRIMESTRAL DE SANEAMENTO AMBIENTAL
ELETRICIDADE MODERNA
ENGENHARIA SANITÁRIA E AMBIENTAL
ESCOLHER E CONSTRUIR:
ESTUDOS TECNOLOGICOS ONLINE
EUROPEAN JOURNAL OF OPERATIONAL RESEARCH
EXAME
FINESTRAHTTP://WWW.ARCOWEB.COM.BR/
FOLHA DE SÃO PAULO
GESTAO E PRODUÇÃO
GESTÃO E TECNOLOGIA DE PROJETOS
GLOSSÁRIO RODOVIA DO AÇO
HABITARE: PROGRAMA DE TECNOLOGIA DE HABITAÇÃO
HOLOS ENVIRONMENT: REVISTA CIENTÍFICA DO CENTRO DE ESTUDOS AMBIENTAIS DA UNESP
IJIE – REVISTA IBEROAMERICANA DE ENGENHARIA INDUSTRIAL
INDEPENDENT JOURNAL OF MANAGEMENT & PRODUCTION
INDUSTRIAL & ENGINEERING CHEMISTRY RESEARCH
JOURNAL OF INTELLIGENT MANUFACTURING
JOURNAL OF THE BRASILIAN CHEMICAL SOCIETY
LINUX
MANAGEMENT DECISION
MANUFATURA EM FOCO
MEIO AMBIENTE INDUSTRIAL SÃO PAULO
O EMPREITEIRO:
PC E CIA
PEGN
PESQUISA OPERACIONAL
PESQUISA OPERACIONAL PARA O DESENVOLVIMENTO
PESTICIDAS: REVISTA DE ECOTOXICOLOGIA E MEIO AMBIENTE
PRODUCT MANAGEMENT AND DEVELOPMENT: BRAZILIAN JOURNAL OF MANAGEMENT OF PRODUCT DEVELOPMENT
QUIMICA NOVA
RBRH – REVISTA BRASILEIRA DE RECURSOS HÍDRICOS
REGA – REVISTA DE GESTÃO DE ŸGUA DA AMÉRICA LATINA
RELATORIOS DE PESQUISA EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO
RELATÓRIOS DE PESQUISA EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO DA UFF
REM: REVISTA ESCOLA DE MINAS:
REVISTA ANÁLISE ECONÔMICA UFRGS
REVISTA ARQUITETURA & AÇO
REVISTA ARQUITETURA & CONSTRUÇÃO
REVISTA ARQUITETURA E URBANISMO
REVISTA BIO
REVISTA BRASIL MINERAL
REVISTA BRASILEIRA DE ECONOMIA
REVISTA BRASILEIRA DE ENGENHARIA AGRÍCOLA E AMBIENTAL : AGRIAMBI
REVISTA BRASILEIRA DE GEOCIÊNCIAS
REVISTA CASA E JARDIM:
REVISTA CERÂMICA INDUSTRIAL:
REVISTA CIÊNCIA & ENGENHARIA:
REVISTA CIENCIAS GERENCIAIS
REVISTA CIENTIFICA ELETRÔNICA PRODUÇÃO ONLINE
REVISTA CONSTRUÇÃO CIVIL:
REVISTA CONSTRUÇÃO E MERCADO
REVISTA CONSTRUÇÃO METÁLICA:
REVISTA DAE
REVISTA DE ENGENHARIA:
REVISTA DE ENSINO DE ENGENHARIA
REVISTA DE METALURGIA
REVISTA ECONOMIA E GESTÃO
REVISTA ENGENHARIA E ARQUITETURA:
REVISTA ENGENHARIA SANITÁRIA E AMBIENTAL
REVISTA ESCOLHER & CONSTRUIR:
REVISTA FERROVIÁRIA
REVISTA GESTÃO ORGANIZACIONAL ONLINE
REVISTA HABITARE:
REVISTA INGEPRO
REVISTA MATÉRIA – UFRJ:
REVISTA MUNDO LOGISTICA
REVISTA O EMPREITEIRO
REVISTA O MUNDO DA USINAGEM
REVISTA PESQUISA E DESENVOLVIMENTO: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO
REVISTA PESQUISA OPERACIONAL
REVISTA PORTOS E NAVIOS
REVISTA PRODUTO E PRODUÇÂO
REVISTA ROCHAS E EQUIPAMENTOS
REVISTA SANEAMENTO AMBIENTAL
REVISTA SUL-AMERICANA DE ENGENHARIA ESTRUTURAL:
REVISTA TÉCHNE
REVISTA TECNOLOGÍSTICA
REVISTA TEORIA E PRÁTICA NA ENGENHARIA CIVIL:
REVISTA TERRA BRASILIS
REVISTA TRANSPORTE MODERNO
REVISTA VIRTUAL DE GESTÃO DE INICIATIVAS SOCIAIS
SANARE: REVISTA TÉCNICA DA SANEPAR
SANEAMENTO AMBIENTAL ONLINE
SÉRIE ROCHAS E MINERAIS INDUSTRIAIS
SISTEMAS & GESTÃO
SOLDAGEM E INSPEÇÃO:
TÉCHNEHTTP://WWW.REVISTATECHNE.COM.BR/
TECNOLOGIA EM METALURGIA E MATERIAIS SÃO PAULO
TEORIA E PRÁTICA NA ENGENHARIA CIVIL
TRANSPORT REVIEW
AÇÃO AMBIENTAL
AÇÃO ERGONÔMICA
AMBIENTE CONSTRUIDO ONLINE
AREIA & BRITA
CERÂMICA
CIÊNCIA & TECNOLOGIA
CONTROLE & AUTOMAÇÃO
ECONOMIA E TECNOLOGIA UFPR
ELETRICIDADE MODERNA
ENGENHARIA SANITARIA AMBIENTAL
ENSAIO AVALIAÇÃO E POLÍTICAS PUBLICAS EM EDUCAÇÃO
ESTUDOS TECNOLOGICOS ONLINE
EUROPEAN JOURNAL OF OPERATIONAL RESEARCH
GESTÃO E PRODUÇÃO
GESTÃO E TECNOLOGIA DE PROJETOS
INDUSTRIAL & ENGINEERING CHEMISTRY RESEARCH
REVISTA IBRACON DE ESTRUTURA E MATERIAIS
REVISTA BRASILEIRA DE METEREOLOGIA
REVISTA DE ENSINO DE ENGENHARIA
REVISTA DE METALURGIA
REVISTA ECONOMIA E GESTÃO
REVISTA MUNDO LOGISTICA
REVISTA ORGANIZAÇÕES E SOCIEDADE
REVISTA VIRTUAL DE GESTÃO DE INICIATIVAS SOCIAIS
SOLDAGEM E INSPEÇÃO
SOILS AND FOUNDATIONS
STRUCTURAL SAFETY
TECNOLOGIA EM METALURGIA E MATERIAIS SÃO PAULO

  • CIÊNCIAS DA SAÚDE (ENFERMAGEM, BIOMEDICINA, RADIOLOGIA)
  • Bases de Dados On-Line

ENFERMAGEM (LIVROS, ARTIGOS E REVISTAS DA ÁREA)

VÁRIAS ÁREAS DA SAÚDE

SCIELO

BIREME

BVS MS

LILACS

  • Periódicos On-Line – ENFERMAGEM

ACTA PAULISTA DE ENFERMAGEM

ACTA SCIENTIARUM. HEALTH SCIENCES

ARQUIVOS DE CIÊNCIAS DA SAÚDE

AUSTRALIAN ELECTRONIC JOURNAL OF NURSING EDUCATION

BIBLIOTECA VIRTUAL DE SAÚDE MENTAL

CADERNOS DE SAÚDE PÚBLICA

CIÊNCIA & SAÚDE COLETIVA

ENFERMAGEM REVISTA

EPIDEMIOLOGIA E SERVIÇOS DA SAÚDE

ESCOLA ANNA NERY

HEALTH SCIENCES: ACTA SCIENTIARUM

HISTÓRIA, CIÊNCIAS, SAÚDE: MANGUINHOS

INTERFACE : COMUNICAÇÃO, SAÚDE, EDUCAÇÃO

JOURNAL OF NURSING UFPE ON LINE

ONLINE BRAZILIANJOURNALNURSING

REME: REVISTA MINEIRA DE ENFERMAGEM

REVISTA BRASILEIRA DE ENFERMAGEM – REBEN

REVISTA BRASILEIRA DE EPIDEMIOLOGIA

REVISTA BRASILEIRA DE FARMACOGNOSIA

REVISTA BRASILEIRA EM PROMOÇÃO DA SAÚDE

REVISTA DA ESCOLA DE ENFERMAGEM DA USP

REVISTA DE ENFERMAGEM DA UFPI

REVISTA DE ENFERMAGEM DA UFSM

REVISTA DE PATOLOGIA TROPICAL

REVISTA DE SAÚDE PÚBLICA

REVISTA DOS BIOMÉDICOS ONLINE

REVISTA ELETRÔNICA DE ENFERMAGEM

REVISTA ELETRÔNICA GESTÃO & SAÚDE

REVISTA GAÚCHA DE ENFERMAGEM

REVISTA LATINO-AMERICANA DE ENFERMAGEM

SAÚDE E PESQUISA

SAÚDE E SOCIEDADE

SEMINA

SMAD REVISTA ELETRÔNICA SAÚDE MENTAL ÁLCOOL E DROGAS

TEXTO & CONTEXTO

TRABALHO, EDUCAÇÃO E SAÚDE

UNIVERSITAS: CIÊNCIAS DA SAÚDE

  • Publicações On-Line – Ministério da Saúde

ATENÇÃO À SAÚDE DO ADULTO HANSENÍASE

ATENÇÃO AO PRÉ-NATAL, PARTO E PUERPÉRIO

AUDITORIA DE ENFERMAGEM – UM ESTUDO NA ENFERMARIA PEDIÁTRICA

AUDITORIA EM ENFERMAGEM EM SERVIÇOS DE PRONTO ATENDIMENTO DE UM HOSPITAL

AUDITORIA EM ENFERMAGEM: IDENTIFICANDO SUA CONCEPÇÃO E MÉTODOS

A FEMINIZAÇÃO PERSISTENTE NA QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL DA ENFERMAGEM BRASILEIRA

CADERNO DE EDUCAÇÃO POPULAR E SAÚDE

EDUCAÇÃO PARA SAÚDE COMO ESTRATÉGIA DE INTERVENÇÃO DE ENFERMAGEM JUNTO ÀS PESSOAS PORTADORAS DE DIABETES

ANÁLISE CRÍTICA DOS RITUAIS NO CONTEXTO DA ENFERMAGEM MÉDICO-CIRÚRGICA

FORMAÇÃO PEDAGÓGICA EM EDUCAÇÃO PROFISSIONAL NA ÁREA DE SAÚDE: ENFERMAGEM

CRIATIVIDADE E INOVAÇÃO: COMPETÊNCIAS NA GESTÃO DE ENFERMAGEM

IMAGENS NO ESPELHO DE VÊNUS: MULHER, ENFERMAGEM E MODERNIDADE

MANUAL DOS CENTROS DE REFERÊNCIA PARA IMUNOBIOLÓGICOS ESPECIAIS

MANUAL DE CONTROLE DAS DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS DST

MARCO LEGAL SAÚDE, UM DIREITO DE ADOLESCENTES

NORMAS DE ATENÇÃO À SAÚDE INTEGRAL DO ADOLESCENTE

POLÍTICA NACIONAL DE ATENÇÃO ÀS URGÊNCIAS

SAÚDE INTEGRAL DE ADOLESCENTES E JOVENS

MANUAL DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE ATENÇÃO BÁSICA SIAB

  • LINGÜÍSTICA, LETRAS E LITERATURA (LICENCIATURA EM LETRAS, PEDAGOGIA)
  • Base de Dados On-Line

ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS
AÇÃO EDUCATIVA
ANGELA LAGO – escritora e ilustradora
ASSOCIAÇÃO DE LEITURA DO BRASIL
BILIOTECA VIRTUAL DE LITERATURA
BIBLIOTECA VIRTUAL – USP
BIBLIOTECAS VIRTUAIS TEMÁTICAS
BUSSOLA ESCOLAR LITERATURA

COGPRINTS
CUBACIËNCIAS
DICIONÁRIO MICHAELIS

EDUBASE
ENGLISH MADE IN BRAZIL
ERIC
GRAMATICA ON-LINE
HEMERED
INEP (Publicações Diversas)

LEIA BRASIL – Programa de Leitura
MEMÓRIA DE LEITURA
NOSSA LINGUA PORTUGUESA
NÚCLEO DE PESQUISAS EM INFORMÁTICA, LITERATURA E LINGUÍSTICA
O CARACOL DO OUVIDO
PROJETO RELEITURAS
TEXTOS SOBRE EDUCAÇÃO

  • Periódicos On-Line

AMBIENTE E EDUCAÇÃO: REVISTA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

APRENDER: CADERNO DE FILOSOFIA E PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO

AVALIAÇÃO: REVISTA DA AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

CADERNOS DE EDUCAÇÃO

CIÊNCIA E EDUCAÇÃO

CONJECTURA: FILOSOFIA E EDUCAÇÃO

EDUCAÇÃO

EDUCAÇÃO E PESQUISA

EDUCAÇÃO E FILOSOFIA

EDUCAÇÃO MATEMÁTICA PESQUISA

ENSAIO

ETD, EDUCAÇÃO TEMÁTICA DIGITAL

PERSPECTIVA/UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA

RENOTE: REVISTA NOVAS TECNOLOGIAS DA EDUCAÇÃO

REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO

EDUCAÇÃO E SOCIEDADE

REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO ESPECIAL

REVISTA BRASILEIRA DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO

EDUCAÇÃO, ARTE E HISTÓRIA DA CULTURA

REVISTA HISTEDBR ONLINE: HISTÓRIA, SOCIEDADE E EDUCAÇÃO NO BRASIL

REVISTA PORTUGUESA DE EDUCAÇÃO

TRABALHO, EDUCAÇÃO E SAÚDE

REVISTA LIBERATO: EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

ARTIGOS – PSICOPEDAGOGIA

PÁTIO ENSINO MÉDIO – ONLINE

PÁTIO REVISTA PEDAGÓGICA – ONLINE

PÁTIO EDUCAÇÃO INFANTIL – ONLINE

REVISTA PRESENÇA PEDAGÓGICA ONLINE

REVISTA CIENTÍFICA ELETRÔNICA DE PEDAGOGIA

CADERNOS DA PEDAGOGIA

REVISTA AGULHA DA BIBLIOTECA NACIONAL

THE NATIONAL ACADEMIES PRESS

CAPES – MARCA – MOBILIDADE DOCENTE

SALA DE LEITURA
VOCE S.A. ON LINE

REVISTA VEJA

REVISTA HORIZONTES DE LINGUISTICA APLICADA

REVISTA DESEMPENHO DE LINGUISTICA APLICADA

REVISTA BRASILEIRA DE LINGUISTICA APLICADA

REVISTA DE ESTUDOS DA LINGUAGEM

ALFA REVISTA DE LINGUISTICA

VEREDAS – REVISTA DE ESTUDOS LINGUISTICOS

THE NATIONAL ACADEMIES PRESS

CAPES – MARCA – MOBILIDADE DOCENTE

CADERNOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LETRAS

SALA DE LEITURA
VOCE S.A. ON LINE

REVISTA VEJA

  • CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS (DIREITO)
  • Base de Dados On-Line

MJ – BASES JURÍDICO-DOCUMENTAIS

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA
SENADO FEDERAL
SISBACEN
SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA
SUPERIOR TRIBUNAL FEDERAL
TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO

PROCURADORIA-GERAL DISTRITAL DE LISBOA 

TRIBUNAL CONSTITUCIONAL 

SUPREMO TRIBUNAL DE JUSTIÇA 

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

TRIBUNAL DE CONTAS 

  • Várias bases de Direito Interenacional

 

PRELEX – Base de dados dos procedimentos interinstitucionais que permite acompanhar as grandes etapas do processo de decisão entre a Comissão e as outras instituições e acompanhar os trabalhos das diferentes instituições envolvidas. A base segue todas as propostas e comunicações da Comissão a partir da sua transmissão ao Conselho ou ao Parlamento Europeu.


EURLEX – Base de dados de Legislação e Jurisprudência Comunitárias. Possibilita o acesso gratuito ao Direito da União Europeia (legislação, jurisprudência, tratados, actos preparatórios, etc.).

 

PORTAL EUROPA – O Europa.eu é o sítio Web oficial da União Europeia. É um bom ponto de partida se estiver à procura de informações e serviços fornecidos pela UE mas não sabe que sítio Web consultar. Aqui poderá encontrar: informações básicas sobre o funcionamento da UE; as últimas notícias e eventos da UE; links para informações sobre a UE nos sítios Web das instituições e agências da UE.

 

PORTAL EUROPEU DE JUSTIÇA – Este portal, conhecido por “e-justice” oferece respostas rápidas às questões jurídicas dos cidadãos.

 

 UNITED NATIONS TREATY COLLECTION – Permite o acesso a todos os tratados ou acordos internacionais em vigor nos Estados-Membros das Nações Unidas.

 

 OFFICIAL DOCUMENTS SYSTEMS OF THE UNITED NATIONS – É serviço administrado pelo U.S. Department of Justice e inclui uma base de dados de resumos de mais de 200 000 publicações.

NATIONAL CRIMINAL JUSTICE REFERENCE SERVICE – esta base contém todo o tipo de documentação oficial das Nações Unidas desde 1993. A base também disponibiliza o acesso da Assembleia Geral, do Conselho de Segurança, ao Conselho Económico e Social e ao Conselho dos Curadores desde 1946.

ILO DATABASES – Bases de dados desenvolvidas pela Organização Internacional do Trabalho que integram informação sobre aplicação das normas internacionais do trabalho, regulamentação, estatísticas, segurança social, igualdade de oportunidades, etc.

 DIALNET – É um portal de difusão da produção científica hispânica, que permite o acesso a documentos e criar sistemas de alerta.

 DOAJ – Este serviço permite o acesso livre ao texto integral de milhares de títulos de periódicos científicos e académicos em todas as áreas do conhecimento.

 ELEKTRONISCHE ZEITSCHRIFTENBIBLIOTHEK – Serviço cooperativo de 497 bibliotecas que tem como objectivo facilitar o acesso aos periódicos académicos publicados electronicamente.

BUNDESGERICHTSHOF – Supremo Tribunal Federal da Alemanha no domínio da jurisdição de direito comum, isto é, em matéria de administração da justiça civil e penal.

 CUSTOMARY-IHL – Esta base de dados é a versão online do estudo sobre direito humanitário internacional consuetudinário, realizado pelo Comité Internacional da Cruz Vermelha e editado pela Cambridge University Press.

DOAJ – Directorio constituído por 2516 revistas científicas e académicas, em acesso livre de texto integral. Constitui objectivo do directório abranger todos os assuntos e todas as línguas, de momento 747 revistas são pesquisáveis ao nível do artigo, sendo que, 124210 artigos já se encontram incluídos no directório.

PORTAL DOXA – Filosofia do Direito – nasce com a vocação de disponibilizar um amplo conjunto de documentos e de serviços em suporte digital de interesse para a comunidade de filósofos do direito que se expressam em língua castelhana.

  • Periódicos On-Line

 e-Revistas – A Plataforma Open Access de Revistas Científicas Electrónicas Españolas y Latinoamericanas e-Revistas é um projecto impulsionado pelo Consejo Superior de Investigaciones Científicas (CSIC) com a finalidade de contribuir para a difusão e visibilidade das revistas científicas publicadas na América Latina, Caribe, Espanha e Portugal.

 

BOLETÍN MEXICANO DE DERECHO COMPARADO

CONTEXTO INTERNACIONAL

DATAVENI@

DE JURE

DIREITO & JUSTIÇA

DIREITO EM CONSTRUÇÃO

ESTUDIOS CONSTITUCIONALES

FRONESIS : REVISTA DE FILOSOFIA JURÍDICA, SOCIAL Y POLÍTICA

JOURNAL OF CRIMINAL JUSTICE AND POPULAR CULTURE

NOVOS ESTUDOS JURÍDICOS

PRISMA JURÍDICO

REVISTA CEJ

REVISTA CENIPEC

REVISTA CESUMAR: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS

REVISTA DA ABET – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ESTUDOS DO TRABALHO

REVISTA DA FACULDADE DE DIREITO DA UERJ

REVISTA DA FACULDADE DE DIREITO DA UFPR

REVISTA DE DERECHO DE LA UNIVERSIDAD AUSTRAL DE CHILE

REVISTA DE DERECHO DE LA UNIVERSIDAD CATÓLICA DEL NORTE

REVISTA DE HISTORIA DEL DERECHO

REVISTA DE INFORMAÇÃO LEGISLATIVA

REVISTA DIREITO GV

REVISTA DOS TRIBUNAIS ONLINE 

REVISTA ELECTRÓNICA DE DERECHO AMBIENTAL

REVISTA ÂMBITO JURÍDICO

RIVISTA INTERNAZIONALE DI FILOSOFIA DEL DIRITTO

VNIVERSITAS

  • CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS (ADMINISTRAÇÃO, ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR)
  • Base de Dados On-Line

EVENTOS. CONSELHO FEDERAL DE ADMINISTRAÇÃO – CFA

REVISTA DE ADMINISTRAÇÃO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO – RAUSP

BANCO DE TESES. CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM ADMINISTRAÇÃO – CEPEAD. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS – UFMG

 TESES E DISSERTAÇÕES. ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO – EA. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL – UFRGS

  • Periódicos On-Line

BAR : BRAZILIAN ADMINISTRATION REVIEW

BRASILIAN BUSINESS REVIEW

BUSINESS MARKETING ASSOCIATION

CADERNOS EBAPE.BR

COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL E GESTÃO

GESTÃO E PLANEJAMENTO

GESTÃO E PRODUÇÃO

GESTÃO.ORG – REVISTA ELETRÔNICA DE GESTÃO ORGANIZACIONAL

INTERTEM@S NEGÓCIOS

JISTEM : JOURNAL OF INFORMATION SYSTEMS AND TECNOLOGYA MANAGEMENT

PESQUISA OPERACIONAL

PRODUTO & PRODUÇÃO

RAC : REVISTA DE ADMINISTRAÇÃO CONTEMPORÂNEA

RAE : REVISTA DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

RBFin : BRAZILIAN REVIEW OF FINANCE

READ : REVISTA ELETRÔNICA DE ADMINISTRAÇÃO

REGE : REVISTA DE GESTÃO

REVISTA ALCANCE

REVISTA BRASILEIRA DE ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA : RBADM

REVISTA BRASILEIRA DE GESTÃO E INOVAÇÃO

REVISTA CIENTÍFICA SENSUS : ADMINISTRAÇÃO

REVISTA DE ADMINISTRAÇÃO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

REVISTA DE ADMINISTRAÇÃO MACKENZIE

REVISTA DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

REVISTA DO TERCEIRO SETOR

REVISTA ELETRÔNICA DE CIÊNCIA ADMINISTRATIVA

  • CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS (JORNALISMO, PRODUÇÃO PUBLICITÁRIA, AUDIOVISUAL, PROPAGANDA, RECURSOS HUMANOS, MARKETING)
  • Base de dados On-line

CINEMATECA BRASILEIRA

NNEMO CINE

BACK STAGE – PRODUÇÃO AUDIOVISUAL

REVISTA MUITO – PRODUÇÃO AUDIOVISUAL

RUA – REVISTA UNIVERSITÁRIA DO AUDIOVISUAL

BIBLIOTECA DA ESCOLA SUPERIOR DE PROPAGANDA E MARKETING

RH.COM.BR – O PORTAL DO PROFISSIONAL DE RH

RH CENTRAL

RH PORTAL

PORRHTAL – O SEU PORTAL DE RECURSOS HUMANOS

ADMINISTRADORES

BIBLIOTECAS VIRTUAIS TEMÁTICAS
PERIE

  • Periódicos On-Line

VOCE S.A. ON LINE

REVISTA VEJA

  • CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS (MARKETING, PROPAGANDA, PRODUÇÃO AUDIOVISUAL, RECURSOS HUMANOS,)
  • Base de Dados On-Line

CINEMATECA BRASILEIRA

BACK STAGE – PRODUÇÃO AUDIOVISUAL

REVISTA MUITO – PRODUÇÃO AUDIOVISUAL

RUA – REVISTA UNIVERSITÁRIA DO AUDIOVISUAL

RH.COM.BR – O PORTAL DO PROFISSIONAL DE RH

RH CENTRAL

PORRHTAL – O SEU PORTAL DE RECURSOS HUMANOS

ADMINISTRADORES

BIBLIOTECAS VIRTUAIS TEMÁTICAS
PERIE

  • Periódicos On-Line

REVISTA MARKETING

CIDADE MARKETING

REVISTA JANELA

ARQUIVO

PORTAL PROPAGANDA

ESTAÇÃO

REVISTA DOS EVENTOS

REVISTA PRONEWS

MARKETING CULTURAL

IZIP

TUDO COM

WORK MEDIA

MEIOS E PUBLICIDADE

ESTRATÉGIAS DE MARKETING ONLINE – CHLEBA AGÊNCIA DIGITAL

AFINAL DE CONTAS, O QUE É MARKETING?

OS 4 PS DO MARKETING

NÃO SEJA UM BANANA – MARKETING PESSOAL PALESTRANTE PERSONA

FAZENDO SEU MARKETING PESSOAL
VOCE S.A. ON LINE

REVISTA VEJA

INDUSTRIAL MARKETING MANAGEMENT: ELSEVIER
GESTAO E PLANEJAMENTO
GESTÃO.ORG: UFPE

BASES DE DADOS REFERENCIAIS

 

LIVROS EM SUPORTE ELETRÔNICO

 

ACESSO LIVRE CAPES
PORTAL DOMINIO PÚBLICO

LIVROS DE AUTORIA DA UNESCO

HISTÓRIAS DA AIDS NO BRASIL, 1983-2003, 2 VOLUMES – VOLUNE 1

HISTÓRIAS DA AIDS NO BRASIL, 1983-2003, 2 VOLUMES – VOLUNE 2

RELATÓRIO DE CIÊNCIA DA UNESCO: RUMA A 2030: VISÃO GERAL E CENÁRIO BRASILEIRO

 

HERITAGE OF HUMANITY IN BRAZIL: ITS CULTURAL AND NATURAL RICHES / PATRIMÔNIO DA HUMANIDADE NO BRASIL

BRAZILIAN ARCHEOLOGICAL SITES/SITIOS ARQUIEOLOGICOS BRASILEIROS

 

BASE DE DADOS - MESTRADO

SCIELO

BIREME

BVS MS 

LILACS 

VÁRIAS ÁREAS DA SAÚDE 

BVS – PSICOLOGIA 

ANVISA – CONSULTA A BANCO DE DADOS 

DOMÍNIO PÚBLICO 

TESES EM GEOCIÊNCIAS NO BRASIL – TEXTO INTEGRAL 

BIBLIOTECA DIGITAL JURITICA STJ – BDJUR 

BIOMED 

DOAJ – DIRECTORY OF OPEN ACCESS JOURNALS 

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ 

GOOGLE ACADÊMICO 

BIBLIOTECA DIGITAL DE TESES E DISSERTAÇÕES
http://www.ibict.br/
Projeto do IBICT que busca integrar os sistemas de informação de teses e dissertações existentes nas Instituições de Ensino Superior (IES) brasileiras, como também estimular o registro e a publicação de teses e dissertações em meio eletrônico.

BIREME – SISTEMA LATINO-AMERICANO E DO CARIBE DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE – BASES DE DADOS
Estão disponíveis as seguintes bases:
MEDLINE – Literatura internacional
LILACS – Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde
PAHO – Acervo da Biblioteca da Organização Pan-americana da Saúde
REPIDISCA – Literatura em Engenharia Sanitária e Ciências do Ambiente
DESASTRES – Acervo do Centro de Documentação de Desastres
ADOLEC – Saúde na Adolescência
AdSaude – Administração de Serviços de Saúde
BBO – Bibliografia Brasileira de Odontologia
SIDORH – Recursos Humanos em Saúde
MedCarib -Literatura do Caribe em Ciências da Saúde
SeCS – Seriados em Ciências da Saúde / Coleções da rede BIREME
CCREPI – Catálogo de Publicações Periódicas da REPIDISCA
WHOLIS – Sistema de Informação da Biblioteca
LEYES – Legislação Básica de Saúde da América Latina e Caribe

Para solicitar artigos de revista, capítulo ou parte de documento e tese, da área de ciências da saúde você pode utilizar o SCAD
(http://www.bireme.br/scad/scad.htm) que é um serviço cooperativo de acesso ao documento da BIREME, via Internet. O custo do serviço varia de acordo com: categoria do usuário solicitante, tipo do documento e quantidade de páginas, local de atendimento do pedido e forma de envio das fotocópias. Para utilização do SCAD é necessário o cadastramento do usuário ou biblioteca no Serviço de Acesso Online da BIREME, opção “cadastra-se como usuário”.

DoIS – DOCUMENTS IN INFORMATION SCIENCE
http://www.sciencecentral.com/site/518669
Bases
de dados sobre Ciência da Informação.

IBBA – ÍNDICE BRASILEIRO DE BIBLIOGRAFIA DE ADMINISTRAÇÃO

IBBE – ÍNDICE BRASILEIRO DE BIBLIOGRAFIA DE ECONOMIA

IBGE
Banco de dados sobre Agropecuária, indústria, PIB (Produto Interno Bruto), emprego, comércio,cartografia etc.

INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA (IBICT)
É um dos institutos de pesquisa do CNPq e seu foco de atuação está no apoio às atividades de informação em ciência e tecnologia nos setores privado e governamental.
O instituto busca a articulação entre redes e unidades de informação existentes no país, além de coordenar  as seguintes:

COMUT – Programa de Comutação Bibliográfica

CCN – Catálogo Coletivo Nacional de Publicações Seriadas
É o centro nacional responsável pelo registro e atribuição do Número Internacional. Normalizado para Publicações Seriadas (ISSN) às publicações editadas no Brasil. Os editores de revistas, anuários, relatórios técnicos, monografias seriadas, anais, revistas eletrônicas e publicações em CD-ROM podem solicitar orientações para o endereço ( http://www.ibict.br/issn/ )

PORBASE
Repositório de Dissertações e Teses Digitais

REDE VIRTUAL DE BIBLIOTECAS – CONGRESSO NACIONAL
http://www.senado.gov.br/sf/
Fusão virtual dos acervos das Bibliotecas do Senado Federal, da Câmara dos Deputados e de bibliotecas do Poder Legislativo, Executivo e Judiciário. A Rede é coordenada pela Biblioteca Acadêmico Luiz Viana Filho, do Senado Federal. Estão disponibilizadas as bases de dados de livros, periódicos, obras raras e multimeios (mapas, gravuras etc.) com cerca de 500.000 documentos. Podem ser encontradas informações sobre qualquer artigo da Constituição, relatórios ministeriais e presidenciais da época do Brasil Império e da Primeira República. Gravuras, mapas, obras raras e até um manuscrito de Machado de Assis.

SCIRUS
http://www.scirus.com/
Site com material científico em diversas áreas do conhecimento. Visitando o link http://www.scirus.com/toolbar , o site disponibiliza ainda ferramenta de busca em formato de barra para seu navegador (browser), facilitando o acesso as referências científicas.

BASES DE DADOS DA EMBRAPA
Acervo Documental – Acervo Documental da Embrapa com 338.604 referências bibliográficas, abrangendo a produção técnico-científica de seus pesquisadores, teses e a literatura nacional e internacional existentes nos acervos das bibliotecas da Empresa.
Agrobase – Base Bibliográfica da Agricultura Brasileira com cerca de 197.545 referências bibliográficas, contendo a literatura agrícola brasileira, técnico-científica e de extensão rural, desde 1870.
Cerrado – Dados bibliográficos sobre Cerrado com 15.553 documentos técnico-científicos sobre os cerrados brasileiros.
Recursos Naturais – Informações bibliográficos sobre recursos naturais do Nordeste do Brasil com 2.782 documentos técnico-científicos levantados junto às instituições editoras do Nordeste. É mantida e gerenciada pela Embrapa Semi-Árido e abrange diversos temas como: botânica, clima, entomologia, geologia, hidrologia, solos, Vale do São Francisco etc.

Ø Teses e Dissetações On-Line – Bibliotecas Digitais  

DIGITAL DISSERTATIONS (PROQUEST)

BIBLIOTECA DIGITAL MUNDIAL

BANCO DE TESES E DISSERTAÇÕES CAPES

BIBLIOTECA DIGITAL DA UNESP
BIBLIOTECA DIGITAL DA USP
BIBLIOTECA DIGITAL DA UFSC
BIBLIOTECA DIGITAL DA UNICAMP
BIBLIOTECA DIGITAL DO IBICT – BDT

BIBLIOTECA DIGITAL DE TESES E DISSERTAÇÕES (IBICT)
BIBLIOTECA DIGITAL DA UFBA
BIBLIOTECA DIGITAL DE TESES E DISSERTAÇÕES (USP)
DEPÓSITO DE DISSERTAÇÕES E TESES DIGITAIS (BNP – BIBLIOTECA NACIONAL DE PORTUGAL)
DISSERTAÇÕES E TESES (INSTITUTO COPPEAD DE ADMINISTRAÇÃO, UFRJ)
SCIRUS ETD SEARCH
TESES E DISSERTAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO (ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO UFRGS) 

BASES DE DADOS POR ÁREAS DO CONHECIMENTO 

Ø Ciências da saúde (Enfermagem, Biomedicina, Radiologia)

ENFERMAGEM (LIVROS, ARTIGOS E REVISTAS DA ÁREA) 

VÁRIAS ÁREAS DA SAÚDE 

SCIELO

BIREME

BVS MS 

LILACS 

Ø Periódicos On-Line  

REVISTA DOS BIOMÉDICOS ONLINE 

SALA DE LEITURA
VOCE S.A. ON LINE  

REVISTA VEJA 

Ø Lingüística, Letras e Literatura (Licenciatura em Letras, Pedagogia)  

ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS
AÇÃO EDUCATIVA
ANGELA LAGO – escritora e ilustradora
ASSOCIAÇÃO DE LEITURA DO BRASIL
BILIOTECA VIRTUAL DE LITERATURA
BIBLIOTECA VIRTUAL – USP
BIBLIOTECAS VIRTUAIS TEMÁTICAS
BUSSOLA ESCOLAR LITERATURA
COGPRINTS
CUBACIËNCIAS
DICIONÁRIO MICHAELIS
EDUBASE
ENGLISH MADE IN BRAZIL
ERIC
GRAMATICA ON-LINE
HEMERED
INEP (Publicações Diversas)
LEIA BRASIL – Programa de Leitura
MEMÓRIA DE LEITURA
NOSSA LINGUA PORTUGUESA
NÚCLEO DE PESQUISAS EM INFORMÁTICA, LITERATURA E LINGUÍSTICA
O CARACOL DO OUVIDO
PROJETO RELEITURAS
TEXTOS SOBRE EDUCAÇÃO

Ø Periódicos On-Line  

AMBIENTE E EDUCAÇÃO: REVISTA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL 

APRENDER: CADERNO DE FILOSOFIA E PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO 

AVALIAÇÃO: REVISTA DA AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 

CADERNOS DE EDUCAÇÃO 

CIÊNCIA E EDUCAÇÃO 

CONJECTURA: FILOSOFIA E EDUCAÇÃO 

EDUCAÇÃO 

EDUCAÇÃO E PESQUISA 

EDUCAÇÃO E FILOSOFIA 

EDUCAÇÃO MATEMÁTICA PESQUISA 

ENSAIO 

ETD, EDUCAÇÃO TEMÁTICA DIGITAL 

PERSPECTIVA/UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA 

RENOTE: REVISTA NOVAS TECNOLOGIAS DA EDUCAÇÃO 

REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO 

EDUCAÇÃO E SOCIEDADE 

REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO ESPECIAL 

REVISTA BRASILEIRA DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO 

EDUCAÇÃO, ARTE E HISTÓRIA DA CULTURA 

REVISTA HISTEDBR ONLINE: HISTÓRIA, SOCIEDADE E EDUCAÇÃO NO BRASIL 

REVISTA PORTUGUESA DE EDUCAÇÃO 

TRABALHO, EDUCAÇÃO E SAÚDE 

REVISTA LIBERATO: EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA 

ARTIGOS – PSICOPEDAGOGIA 

PÁTIO ENSINO MÉDIO – ONLINE 

PÁTIO REVISTA PEDAGÓGICA – ONLINE 

PÁTIO EDUCAÇÃO INFANTIL – ONLINE 

REVISTA INTEGRAÇÃO PEDAGÓGICA ONLINE 

REVISTA PRESENÇA PEDAGÓGICA ONLINE 

REVISTA CIENTÍFICA ELETRÔNICA DE PEDAGOGIA 

CADERNOS DA PEDAGOGIA 

REVISTA AGULHA DA BIBLIOTECA NACIONAL  

THE NATIONAL ACADEMIES PRESS 

CAPES – MARCA – MOBILIDADE DOCENTE 

SALA DE LEITURA
VOCE S.A. ON LINE  

REVISTA VEJA 

Ø Letras  

REVISTA HORIZONTES DE LINGUISTICA APLICADA 

REVISTA DESEMPENHO DE LINGUISTICA APLICADA 

REVISTA BRASILEIRA DE LINGUISTICA APLICADA 

REVISTA DE ESTUDOS DA LINGUAGEM 

ALFA REVISTA DE LINGUISTICA 

VEREDAS – REVISTA DE ESTUDOS LINGUISTICOS

THE NATIONAL ACADEMIES PRESS 

CAPES – MARCA – MOBILIDADE DOCENTE 

CADERNOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LETRAS 

SALA DE LEITURA
VOCE S.A. ON LINE  

REVISTA VEJA 

Ø Ciências Exatas e da Terra (Cursos da área de Informática, computação)

EDUBASE
ERIC
HEMERED
SCIELO

Ø Periódicos On-Line  

SALA DE LEITURA
VOCE S.A. ON LINE  

REVISTA VEJA 

Ø Ciências Humanas (História) 

REPÚBLICA ON-LINE. CENTRO DE REFERÊNCIA DA HISTÓRIA REPUBLICANA BRASILEIRA. MUSEU DA REPÚBLICA 

ACCESSUS. CENTRO DE PESQUISA E DOCUMENTAÇÃO DE HISTÓRIA CONTEMPORÂNEA DO BRASIL – CPDOC. FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS – FGV 

BIBLIOGRAFIA BRASILEIRA DE HISTÓRIA DA CIÊNCIA. MUSEU DE ASTRONOMIA E CIÊNCIAS AFINS – MAST 

DISCOV. MASSANGANA BANCO DE DADOS. FUNDAÇÃO JOAQUIM NABUCO 

Ø Periódicos On-Line  

SALA DE LEITURA
VOCE S.A. ON LINE  

REVISTA VEJA 

Ø Ciências Agrárias (Agronomia, Zootecnia e Engenharia de Alimentos, Medicina Veterinária)  

 

PORTAL FOME DE SEGURANÇA ALIMENTAR 

AGRICOLA
BVS MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA
CENA – CENTRO DE ENERGIA NUCLEAR DA AGRICULTURA
CRMV-MG – PROJETO BIBLIOTECA
EMBRAPA
FAO – BASES DE DADOS
IBAMA
NAL- NATIONAL AGRICULTURAL LIBRARY
PERI-BASE DE DADOS DA LITERATURA PERIÓDICA EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS
REPIDISCA
SAVE SISTEMAS
SBICAFE
SCIELO
SOLARIS

AGRICULTURE NETWORK INF CENTER
BIBLIOTECA IPEF
CENA – CENTRO DE ENERGIA NUCLEAR DA AGRICULTURA
CRMV-MG – PROJETO BIBLIOTECA
EMBRAPA
FAO – BASES DE DADOS
FNP CONSULTORIA E COMÉRCIO
FUNDAÇÃO ANDRÉ TONSELLO
IBAMA
NAL- NATIONAL AGRICULTURAL LIBRARY
PERI-BASE DE DADOS DA LITERATURA PERIÓDICA EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS
REPIDISCA
SAVE SISTEMAS
SBICAFE
SCIELO
SOCIEDADE BRASILEIRA DE ENG. AGRICOLA

Ø Periódicos On-Line  

ENERGIA NA AGRICULTURA
ENGENHARIA AMBIENTAL: PESQUISA E TECNOLOGIA
FAZU em Revista
INFORMAÇÕES AGRONÔMICAS
IRRIGA
PC Word Digital
PERIÓDICOS CAPES

REFORMA AGRÁRI
REVISTA BRASILEIRA DE CARTOGRAFIA
REVISTA BRASILEIRA DE HERBICIDAS
REVISTA BRASILEIRA DE REPRODUÇÃO ANIMAL

REVISTA BRASILEIRA DE TECNOLOGIA DE ALIMENTOS
REVISTA DA ANPOLL
REVISTA DA FACULDADE DE ZOOTECNIA, VETERINÁRIA E AGRONOMIA DA PUCRS (Clicar em utilidades/Revistas do Campus)
ANIMAL REPRODUCTION
BAR – BRAZILIAN ADMINISTRATION REVIEW
BOLETIM DE INDUSTRIA ANIMAL
 

REVISTA FEED&FOOD
REVISTA DE ADMINISTRAÇÃO DA USP 

REVISTA DE POLÍTICA AGRÍCOLA (clicar na logomarca RPA)

REVISTA GEODÉSIA  

SALA DE LEITURA
VOCE S.A. ON LINE  

REVISTA VEJA 

Ø Ciências Sociais Aplicadas (Direito)  

MJ – BASES JURÍDICO-DOCUMENTAIS 

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA
SENADO FEDERAL
SISBACEN
SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA
SUPERIOR TRIBUNAL FEDERAL
TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO

PROCURADORIA-GERAL DISTRITAL DE LISBOA  

TRIBUNAL CONSTITUCIONAL  

SUPREMO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA  

TRIBUNAL DE CONTAS

Ø Várias bases de Direito Interenacional 

PRELEXBase de dados dos procedimentos interinstitucionais que permite acompanhar as grandes etapas do processo de decisão entre a Comissão e as outras instituições e acompanhar os trabalhos das diferentes instituições envolvidas. A base segue todas as propostas e comunicações da Comissão a partir da sua transmissão ao Conselho ou ao Parlamento Europeu. 


EURLEXBase de dados de Legislação e Jurisprudência Comunitárias. Possibilita o acesso gratuito ao Direito da União Europeia (legislação, jurisprudência, tratados, actos preparatórios, etc.). 

PORTAL EUROPA – O Europa.eu é o sítio Web oficial da União Europeia. É um bom ponto de partida se estiver à procura de informações e serviços fornecidos pela UE mas não sabe que sítio Web consultar. Aqui poderá encontrar: informações básicas sobre o funcionamento da UE; as últimas notícias e eventos da UE; links para informações sobre a UE nos sítios Web das instituições e agências da UE. 

PORTAL EUROPEU DE JUSTIÇA Este portal, conhecido por “e-justice” oferece respostas rápidas às questões jurídicas dos cidadãos. 

UNITED NATIONS TREATY COLLECTIONPermite o acesso a todos os tratados ou acordos internacionais em vigor nos Estados-Membros das Nações Unidas. 

OFFICIAL DOCUMENTS SYSTEMS OF THE UNITED NATIONSÉ serviço administrado pelo U.S. Department of Justice e inclui uma base de dados de resumos de mais de 200 000 publicações. 

NATIONAL CRIMINAL JUSTICE REFERENCE SERVICEesta base contém todo o tipo de documentação oficial das Nações Unidas desde 1993. A base tambémdisponibiliza o acesso da Assembleia Geral, do Conselho de Segurança, ao Conselho Económico e Social e ao Conselho dos Curadores desde 1946. 

ILO DATABASESBases de dados desenvolvidas pela Organização Internacional do Trabalho que integram informação sobre aplicação das normas internacionais do trabalho, regulamentação, estatísticas, segurança social, igualdade de oportunidades, etc. 

DIALNET – É um portal de difusão da produção científica hispânica, que permite o acesso a documentos e criar sistemas de alerta. 

DOAJEste serviço permite o acesso livre ao texto integral de milhares de títulos de periódicos científicos e académicos em todas as áreas do conhecimento. 

ELEKTRONISCHE ZEITSCHRIFTENBIBLIOTHEKServiço cooperativo de 497 bibliotecas que tem como objectivo facilitar o acesso aos periódicos académicos publicados electronicamente.  

BUNDESGERICHTSHOFSupremo Tribunal Federal da Alemanha no domínio da jurisdição de direito comum, isto é, em matéria de administração da justiça civil e penal.

CUSTOMARY-IHLEsta base de dados é a versão online do estudo sobre direito humanitário internacional consuetudinário, realizado pelo Comité Internacional da Cruz Vermelha e editado pela Cambridge University Press.  

DOAJ Directorio constituído por 2516 revistas científicas e académicas, em acesso livre de texto integral. Constitui objectivo do directório abranger todos os assuntos e todas as línguas, de momento 747 revistas são pesquisáveis ao nível do artigo, sendo que, 124210 artigos já se encontram incluídos no directório.

PORTAL DOXA Filosofia do Direito – nasce com a vocação de disponibilizar um amplo conjunto de documentos e de serviços em suporte digital de interesse para a comunidade de filósofos do direito que se expressam em língua castelhana.

Ø Periódicos On-Line  

e-RevistasA Plataforma Open Access de Revistas Científicas Electrónicas Españolas y Latinoamericanas e-Revistas é um projecto impulsionado pelo Consejo Superior de Investigaciones Científicas (CSIC) com a finalidade de contribuir para a difusão e visibilidade das revistas científicas publicadas na América Latina, Caribe, Espanha e Portugal.  

SALA DE LEITURA
VOCE S.A. ON LINE  

REVISTA VEJA 

Ø Ciências Sociais Aplicadas (Jornalismo, Produção Audiovisual Propaganda, Recursos Humanos, Marketing) 

CINEMATECA BRASILEIRA

NNEMO CINE

BACK STAGE – PRODUÇÃO AUDIOVISUAL

REVISTA MUITO – PRODUÇÃO AUDIOVISUAL

PRODUÇÃO PROFISSIONAL

RUA – REVISTA UNIVERSITÁRIA DO AUDIOVISUAL

BIBLIOTECA DA ESCOLA SUPERIOR DE PROPAGANDA E MARKETING

RH.COM.BR – O PORTAL DO PROFISSIONAL DE RH

RH CENTRAL

RH PORTAL

PORRHTAL – O SEU PORTAL DE RECURSOS HUMANOS

ADMINISTRADORES

BIBLIOTECAS VIRTUAIS TEMÁTICAS
PERIE

Ø Periódicos On-Line  

SALA DE LEITURA
VOCE S.A. ON LINE  

REVISTA VEJA 

Ø Livros Jornalismo, Produção audiovisual – Texto Integral  

TRADIÇÃO E REFLEXÕES: CONTRIBUTOS PARA A TEORIA E ESTÉTICA DO DOCUMENTÁRIO 

Autor: Manuela Penafria

A obra fala do processo de produção de um documentário e mostra exemplos de histórias colocadas neste formato, como por exemplo o movimento operário brasileiro dos anos 70 ou até mesmo durante a era franquista espanhola.

PRAGMÁTICA: COMUNICAÇÃO PUBLICITÁRIA E MARKETING 

Autor: Annamaria Jatobá Palacios e Paulo Serra

A coletânea divulga textos de pesquisadores portugueses, espanhóis e brasileiros com produção acadêmica voltada para a investigação de mecanismos linguístico-discursivos desenvolvidos por diferentes práticas sócio-discursivas, a exemplo da publicidade, comunicação organizacional e marketing.

O ADMIRÁVEL MUNDO DAS NOTÍCIAS: TEORIAS E MÉTODOS 

Autor: João Carlos Correia

O livro pretende ser um manual onde se encontre uma abordagem aprofundada da literatura disponível sobre Estudos Jornalísticos.

RADIOJORNALISMO HIPERMIDIÁTICO: TENDÊNCIAS E PERSPECTIVAS DO JORNALISMO DE RÁDIO ALL NEWS BRASILEIRO EM UM CONTEXTO DE CONVERGÊNCIA TECNOLÓGICA 

Autor: Debora Cristina Lopez

A autora analisa emissoras all news brasileiras e se insere no contexto da revolução que afeta o rádio contemporâneo.

JORNALISMO E CONVERGÊNCIA: ENSINO E PRÁTICAS PROFISSIONAIS 

Autor: Claudia Quadros, Kati Caetano e Álvaro Larangeira

Nesta obra pesquisadores do Brasil, Espanha, Portugal e México discutem novas propostas teórico-metodológicas para o ensino do jornalismo digital. Diversas experiências de ensino também são relatadas, evidenciando problemas, busca de soluçoes, improvisações e criatividade diante de estruturas ainda em desenvolvimento do sistema de ensino.

A GAZETA “DA RESTAURAÇÃO” 

Autor: Jorge Pedro Sousa (Coord.); Maria do Carmo Castelo Branco; Mário Pinto; Sandra Tuna; Gabriel Silva; Eduardo Zilles Borba; Mônica Delicato; Carlos Duarte; Nair Silva; Patrícia Teixeira

O livro procura explicar como foi introduzido o jornalismo em Portugal, quais os fatores que contribuíram para o desenvolvimento dessa atividade de disseminação de informação e conhecimento no país, qual a importância que, nesse contexto, teve a Gazeta apelidada “da Restauração”, do que falava essa Gazeta e como falava dos assuntos que abordava.

RETÓRICA E MEDIATIZAÇÃO: AS INDÚSTRIAS DA PERSUASÃO 

Autor: Ivone Ferreira & Gisela Gonçalves

A obra mostra de que modo as novas mídias contribuem para a persuasão sobre produtos, marcas ou ideias políticas e até que ponto a retórica mediatizada tem acompanhado a evolução tecnológica e se adaptado às novas ferramentas comunicacionais. Além disso o livro também fala sobre os atores e temáticas que sobressaem dessa análise e de que forma o jornalismo incorpora novas formas retóricas para se tornar mais eficiente.

ENSAIOS DE COMUNICAÇÃO ESTRATÉGICA 

Autor: Eduardo J. M. Camilo

No livro, o autor homenageia alguns amigos e aproveita para dar uma amostra representativa de textos que falam de comunicação estratégica, discursos políticos, teorias de comunicação publicitária e a análise do discurso publicitário (comercial).

VITRINE E VIDRAÇA: CRÍTICA DE MÍDIA E QUALIDADE NO JORNALISMO 

Autor: Rogério Christofoletti

Através da obra, o autor procura discutir a qualidade no jornalismo e tenta refletir sobre democracia e responsabilidade social. O livro está atrelado também ao debate sobre a ética, a formação dos novos jornalistas, a inovação e a busca da excelência técnica.

CIDADANIA DIGITAL 

Autor: Isabel Salema Morgado e António Rosas

Neste livro, os autores vão procurar encontrar respostas para a questão da cidadania digital, apresentando análises de realidades diversas cujo enquadramento comum são os usos que os cidadãos fazem das redes digitais.

CIDADANIA DIGITAL 

Autor: Isabel Salema Morgado e António Rosas

Neste livro, os autores vão procurar encontrar respostas para a questão da cidadania digital, apresentando análises de realidades diversas cujo enquadramento comum são os usos que os cidadãos fazem das redes digitais.

HOMO CONSUMPTOR: DIMENSÕES TEÓRICAS DA COMUNICAÇÃO PUBLICITÁRIA 

Autor: Eduardo José Marcos Camilo

O objetivo do autor é responder a uma única questão central: o que é a publicidade enquanto fenômeno de comunicação de massa? Na resposta, o autor reúne uma série de paradigmas teóricos que pretende que sejam alternativos aos que habitualmente estão integrados no domínio das ciências empresariais, com especial destaque para o do marketing.

CONCEITOS DE COMUNICAÇÃO POLÍTICA 

Autor: João Carlos Correia, Gil Baptista Ferreira e Paula do Espírito Santo

Vislumbra-se com este livro um aprofundamento dos estudos nesta área visível da imprensa universitária e especializada e na formação de Grupos de Trabalho nas Sociedades Científicas nacionais e internacionais.

MARKETING E COMUNICACIÓN 

Autor: José Sixto García

A obra fala das relações existentes entre a comunicação, o jornalismo e o marketing. Também apresenta uma nova categoria do marketing voltada para a comunicação, chamada de Marketing da Comunicação.

O PARADIGMA MEDIOLÓGICO: DEBRAY DEPOIS DE MCLUHAN 

Autor: José António Domingues

O problema geral do livro remete para o exame do poder constitutivo da mediação em seis momentos fundamentais: teológico, filosófico, gramatológico, representacional, técnico-científico e digital.

DIREITOS DO HOMEM, IMPRENSA E PODER 

Autor: Isabel Salema Morgado

Entendida por muitos como marco civilizacional, coube-me procurar compreender como é percepcionada a Declaração Universal dos Direitos do Homem, na sua dupla projeção: como representação social objetivada no discurso e como enquadramento de uma certa prática política enquanto proposta de exercício do poder para todos os Estados.

REDEFININDO OS GÊNEROS JORNALÍSTICOS: PROPOSTA DE NOVOS CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO 

Autor: Lia Seixas

Com as novas mídias, surgem novos formatos, se hibridizam, se embaralham os gêneros. A noção de gênero entra, mais uma vez, em cheque. Por isso mesmo passa a ser vista com mais atenção. Alguns gêneros podem acabar, outros podem aparecer. Alguns se transformam, outros se mantêm.

INFORMAÇÃO E PERSUASÃO NA WEB: RELATÓRIO DE UM PROJECTO 

Autor: Paulo Serra e João Canavilhas

O projeto procura estudar os princípios a que terá de obedecer a construção das páginas Web das instituições de ensino superior públicas portuguesas. Delineou-se, para a execução de tal objetivo, uma investigação focada nos utilizadores, e que confrontasse estes com as diversas possibilidades de organização da informação, de modo a apurar as que se revelariam, de facto, quer como as mais persuasivas, quer como as mais satisfatórias das necessidades e interesses desses mesmos utilizadores.

WEBNOTICIA: PROPOSTA DE MODELO JORNALÍSTICO PARA A INTERNET 

Autor: João Canavilhas

O livro é parte da tese de doutorado “Webnoticia: Proposta de Modelo Jornalístico Para a Internet” e pretende ser uma pequena contribuição para a identificação de uma linguagem convergente para o webjornalismo.

MANUAL DA TEORIA DA COMUNICAÇÃO 

Autor: Joaquim Paulo Serra

A obra mostra como a comunicação assumiu um lugar tão central na nossa sociedade.

JORNALISMO DIGITAL DE TERCEIRA GERAÇÃO 

Autor: Suzana Barbosa

O livro Jornalismo digital de terceira geração reúne os artigos apresentados durante as “Jornadas Jornalismo On-line.2005: Aspectos e Tendências”, durante os dias 25 e 26 de Novembro, na Universidade da Beira Interior, Covilhã (Portugal). O livro agrega mais duas importantes contribuições produzidas pelos autores brasileiros Elias Machado, Marcos Palacios e Paulo Munhoz.

SOCIEDADE E COMUNICAÇÃO: ESTUDOS SOBRE JORNALISMO E IDENTIDADES 

Autor: João Carlos Correia

A obra cita, no plano da indústria mediática, a tentativa de pensar formas alternativas de comunicação que privilegiem uma relação dinâmica com os públicos, aberta à crítica e à partilha de saberes, ao confronto de opiniões e de argumentos, à pluralidade de discursos, por oposição ao paradigma constituído pela comunicação de massa.

COMUNICAÇÃO E POLÍTICA 

Autor: João Carlos Correia

Este livro tem as qualidades e fraquezas do pioneirismo. Reflete um certo ponto da investigação portuguesa nos domínios da Comunicação e Política.

COMUNICAÇÃO E PODER 

Autor: João Carlos Correia

A obra fala da comunicação e do poder como dois conceitos englobantes, alegadamente monumentais, dotados de uma vastidão conceitual suficientemente abrangente.

A PERSUASÃO 

Autor: Américo de Sousa

O estudo da persuasão pressupõe uma viagem pelos territórios teóricos que a sustentam: a retórica, a argumentação e a sedução.

A INFORMAÇÃO COMO UTOPIA 

Autor: Joaquim Paulo Serra

O libro mostra como a “sociedade da informação” tem as suas raízes no ideal iluminista de uma sociedade constituída por cidadãos que, partilhando o saber, podem decidir democraticamente, partilhando o poder.

MANUAL DE JORNALISMO 

Autor: Anabela Gradim

É um manual extremamente conservador, tanto na forma de encarar a imprensa e o seu papel, como na ideologia e propostas implícitas e explícitas ao longo do texto.

A LETRA: COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO 

Autor: Jorge Bacelar

O autor fala de como o homem descobre maneiras de estabelecer registros que duram por muito tempo e como foi a evolução formal dos símbolos tipográficos ao longo das últimas décadas.

JORNALISMO E ESPAÇO PÚBLICO 

Autor: João Carlos Correia

O objetivo deste trabalho é, com recurso a uma perspectiva interdisciplinar, indagar sobre a natureza da relação entre a indústria jornalística e os seus públicos no contexto de uma sociedade de massa.

SEMIÓTICA: A LÓGICA DA COMUNICAÇÃO 

Autor: António Fidalgo

O livro discute a semiótica através de dois fatores que, de acordo com o autor, demarcam os estudos semióticos contemporâneos em comparação com os antigos e, simultaneamente, instituem a semiótica como ciência.

Ø Ciências Sociais Aplicadas (Administração, Administração Hospitalar)  

EVENTOS. CONSELHO FEDERAL DE ADMINISTRAÇÃO – CFA 

REVISTA DE ADMINISTRAÇÃO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO – RAUSP 

BANCO DE TESES. CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM ADMINISTRAÇÃO – CEPEAD. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS – UFMG 

TESES E DISSERTAÇÕES DEFENDIDAS. ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO. UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA – UFBA 

TESES E DISSERTAÇÕES. ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO – EA. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL – UFRGS 

Ø Periódicos On-Line  

SALA DE LEITURA
VOCE S.A. ON LINE  

REVISTA VEJA 

Ø Ciências Sociais Aplicadas (Ciências Contábeis)  

EVENTOS. CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE – CFC 

BANCO DE TESES E DISSERTAÇÕES DE CONTABILIDADE DA USP 

DEPARTAMENTO DE CONTABILIDADE UFSC 

Ø Periódicos On-Line  

REVISTA CONTABILIDADE VISTA E REVISTA 

SALA DE LEITURA
VOCE S.A. ON LINE  

REVISTA VEJA 

Ø Ciências Sociais Aplicadas (Ciência da Informação)  

BASE DE DADOS EM LITERATURA CINZENTA. COMUNICAÇÕES EM EVENTOS EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO. ESCOLA DE COMUNICAÇÕES E ARTES – ECA. UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO – USP 

BSB – BIBLIOGRAFIA ESCOLAR BIBLIOTECÁRIA. NÚCLEO DE INFORMAÇÃO, PESQUISAS E ESTUDOS DE EDUCAÇÃO BIBLIOTECÁRIA – NIPEEB. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA – UFSC 

FUTURA. GT DE BIBLIOTECA VIRTUAL – COMITÊ GESTOR DA INTERNET NO BRASIL. UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO – USP. CENTRO LATINO AMERICANO E DO CARIBE DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE – BIREME 

Ø Periódicos On-Line  


REVISTA DE GESTÃO DA TECNOLOGIA E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO – RGTSI
 

SALA DE LEITURA
VOCE S.A. ON LINE  

REVISTA VEJA 

BASES DE DADOS REFERENCIAIS

4) LIVROS EM SUPORTE ELETRÔNICO

ACESSO LIVRE CAPES
PORTAL DOMINIO PÚBLICO

BASE DE DADOS - CONCEITOS

BASES DE DADOS – CONCEITOS, EVOLUÇÃO E CLASSIFICAÇÃO

Conceitos:

Base de dados: conjunto de dados inter-relacionados, organizados de forma a permitir a recuperação da informação. Armazenadas por meios ópticos ou magnéticos como discos e acessadas local ou remotamente.

Banco de dados: conjunto de Bases de Dados.

Objetivo:

Fornecer informação atualizada (recursos estruturais), precisa e confiável (não dar a informação pela metade) e de acordo com a demanda (oferecer o que o usuário necessita).

Evolução:

1951 – Bases de dados numéricos

1960 – Bases de dados bibliográficos

1970 – 10 Bases disponíveis em 2 Bancos de dados (acesso on line)

1986 – Bases em suporte de CD-ROM

1990 – 3.200 Bases hospedadas em mais de 40 Bancos de Dados (acesso em rede) : Dialog (+ 380 Bases) ; Orbit (+ 80 Bases) ; Questel (+ 40 Bases)

2000 – Milhões de computadores ligados em rede. – Globalização da informação.

Suportes:

Impresso: sub-produtos das bases de dados. Ex.: Index Medicus

CD-ROM: disco ótico, acesso local e remoto. Ex.: MEDLINE/CD-ROM

On-Line :

  1. a) acesso direto – Ex.: Dedalus – http://www.usp.br/sibi
  2. b) acesso via provedor/servidor/hospedeiro/banco de dados Ex: Dialog – http://www.dialog.com
  3. c) acesso via ferramentas de busca (“search engines”). Ex.: Alta Vista http://www.altavista.com Cadê http://www.cade.com.brYahoo! http://www.yahoo.com

Classificação das bases de dados (CUNHA, ROWLEY)

1) Bases de dados referenciais – remetem às fontes primárias:

Bases de Dados Bibliográficos – Incluem citações bibliográficas acompanhadas ou não dos resumos dos trabalhos publicados. Ex.: LICI/IBICT; MEDLINE; ERIC

Bases de Dados Catalográficos – Representam o acervo de uma biblioteca ou de uma rede de bibliotecas, sem indicação do conteúdo dos documentos. Ex.: UNIBIBLI; OPACS (Online Public Access Catalogs)

Bases de Diretórios – informações ou dados sobre pessoas, instituições e outros dados característicos de guias e cadastros. Ex.: ” American Library Directory”

2) Bases de dados de fontes – contém os dados originais e textos completos; constituem um tipo de documento eletrônico.

Bases de Dados Numéricos – Incluem dados numéricos e estatísticos. Ex.: SIDRA/Fundação IBGE

Bases de Dados de Texto Completo – contém notícias de jornal, especificações técnicas, artigos de periódicos, dicionários. Ex.: RCI/IBICT (artigos da revista Ciência da Informação)

Bases de Dados Textuais e Numéricos – mistura de dados textuais e numéricos. Ex.: Relatórios Anuais de Empresas.

Bases de Dados Gráficos – apresentam fórmulas químicas, imagens, logotipos. Ex.: Trademarkscan (marcas comerciais patenteadas nos EUA)

Critérios de avaliação de bases de dados (ROWLEY)

  • Cobertura: assunto e tipo de material adequados; abrangência duplicidade e outros serviços
  • Tipo de base de dados: referencial, de fonte
  • Atualidade: período coberto pela base e/ou desde quando se acha disponível e freqüência de atualizações
  • Saída: conteúdos das referências – qualidade dos resumos; forma (ficha, microforma, papel); em linha ou fora de linha; extensão da saída
  • Linguagem de indexação: variedade de pontos de acesso ou campos pesquisáveis, em termos de desempenho de recuperação almejado
  • Custo: quem vai pagar, como distribuir custos
  • Documentação e instrumentos auxiliares de busca: manuais, help, informações sobre sistemas de classificação, tesauro, manuais de treinamento, etc.
  • Hospedeiro: onde a base se acha disponível.
  • Meio de armazenamento e possibilidades de acesso
  • Formato de registro e estrutura da base de dados

RECUPERAÇÃO DA INFORMAÇÃO EM BASE DE DADOS

  • Linguagem de busca: controlada, natural, livre
  • Lógica de busca (booleana): combinação de termos enunciados com operadores: e/* (conjunto); ou/+ (aditiva); não/e não(subtrativa)
  • Passos da recuperação: definir os termos; relacionar os termos; mostrar estratégias
  • Interface de acesso: seleção de menus; linguagem por comando; interface WIMP (WINDOW/ICON/MOUSE/ POP UP MENU); preenchimento de formulários; perguntas e respostas
  • Recursos de recuperação: básicos (help, janelas, comandos); seleção de termos de busca (índice de palavras); entrada de termos de busca (vocabulário controlado); combinação de termos; escolha de campos; truncamentos; expressões de proximidade; limitações de amplitude; gerenciamento de buscas; opções avançadas de exibição (texto completo); busca de múltiplos arquivos; exibição de tesouro; hipertextos (links com outros registros)

Exemplos de bases de dados

BASES DE DADOS BIBLIOGRÁFICOS

Informam aos usuários o que foi publicado e onde se publicou. Incluem citações bibliográficas acompanhadas ou não dos resumo dos trabalhos publicados. Podem ser acessados diretamente ou através de hospedeiros (ex.: DIALOG) e disponíveis em sistemas de bibliotecas (ex.: ERL – Eletronic Reference Library, do SIBI/USP http://www.usp.br/sibi

Os registros das bases de dados bibliográficos apresentam, para cada documento, os seguintes elementos: número do documento (registro); título; autor(es); referência da fonte (LV,ART,DIS, RT…); resumo; termos ou expressões de indexação (descritores, termos livres); citações ou quantidade de referência; instituição de origem do documento ou endereço do(s) autor(es); idioma do documento, traduções; informações de caráter interno (número de classificação, localização…)

Nacionais

LICI – Literatura em Ciência da Informação: elaborada pelo IBICT, reúne literatura brasileira no campo da ciência da informação. Tem como produto impresso a “Bibliografia Brasileira de Ciência da Informação”. Disponível pela Rede Antares:

BLC-E-CI – Base de dados em Literatura Cinzenta – Eventos – Ciências da Informação – mantida pelo Grupo de Pesquisa em Produção Científica do CBD/ECA/USP

Internacionais

MEDLINE – Medical Literature Online : indexa cerca de 3.700 títulos de periódicos (29 são brasileiros) da área biomédica de âmbito internacional (cobre 60% da literatura americana). Produzida pela National Library of Medicine (Washington), desde 1966. Tem como produtos impressos: “Index Medicus”, “Index to Dental Literature”, “Nursing Index”. Atualizada em CD-ROM trimestralmente. Também disponível via Internet; http://www.nlm.nih.gov/

EMBASE : produzida pela Elsevier Scientific Publications (Amsterdam), indexa artigos de cerca de 3.500 títulos de periódicos (27 são brasileiros), além de outros documentos produzidos internacionalmente (cobre 75% da literatura européia). Tem como produto “Excerpta Medica” editada em cerca de 50 seções, dedicadas cada uma delas a um ramos da medicina.Disponível em CD-ROM e via Internet. http://www.elsevier.com/

LILACS – Literatura Latinoamericana en Ciencias de la Salud : produzida prela BIREME, desde 1982, indexa artigos de 542 títulos de periódicos (180 brasileiros), livros, teses, trabalhos apresentados em eventos, relatórios científicos e outros documentos não-convencionais de 37 países da América Latina e do Caribe. Editada em CD-ROM e Online via Internet.http://www.bireme.br/

SOCIOFILE: compilada pelo Sociological Abstracts Inc., contém referências bibliográficas e resumos da literatura sobre sociologia e disciplias correlatas, incluindo artigos, teses, desde 1974. Disponível em CD-ROM. http://www.lib.siu.edu

ERIC – Educational Resources Information Center : produzida pelo Department of Education, USA, divulga artigos de periódicos de âmbito internacional, na área da educação. Disponível em CD-ROM. A Clearinghouse especificamente voltada a assuntos na área de Ciência da Informação mantida pela Syracuse University está disponível online. http://ericir.syr.edu

Life Science Collection: compilada pela “Cambridge Scientific Abstracts” contém referências bibliográficas e resumos de artigos de periódicos de âmbito internacional, sobre biologia, entomologia, ecologia, etc., desde 1986. Disponível em CD-ROM.

Current Contents : divulga sumários de mais de 8.000 títulos de periódicos correntes, de âmbito internacional, agrupados nas áreas: “Life Science”, “Agriculture, Biology & Environmental Sciences”, “Clinical Practice”, “Arts & Humanities”, “Social & Behavioral Sciences”, “Engineering, Technology & Applied Sciences”, “Physical, Chemistry & Earth Science”. Divulga sumários de livros e anais de eventos com as edições de: “Index to Scientific Book Contents”, “Index to Scientific & Technical Proceedings”, “Index to Social Science & Humanities Proceedings”, “Index to Scientific Reviews”. Atualmente disponível a usuários da comunidade científica da Universidade de São Paulo através da rede interna USPnet http://www.usp.br/sibi (clicar ícone “Search Bank”); Acesso direto: http://www.isinet.com

Citation Indexes : analisa os artigos dos principais títulos de periódicos referente a autoria (quem cita e onde é citado), com edições nas séries: “Science Citation Index”, “Social Sciences Citation Index”, Arts & Humanities Citation Index”. Disponível via Internet no site da “web of science”: http://www.isinet.com

OBS: as bases acima mencionadas “Current Contents” e “Citation Indexes” são produzidas pelo ISI – Institute of Scientific Information (EUA, Inglaterra, Japão) o qual indexa cerca de 16.000 ítens entre periódicos e livros. Inclue 7 periódicos brasileiros.

BASES DE DADOS CATALOGRÁFICOS

Representam o acervo de uma biblioteca ou de uma rede de bibliotecas, sem indicação do conteúdo dos documentos.

Exemplos:

Nacionais

DEDALUS: disponibiliza consulta no catálogo das 33 bibliotecas integrantes do Sistema de Bibliotecas da USP. Contém dados bibliográficos de livros, periódicos, teses, materiais especiais e a produção científica da universidade. Acesso:http://www.usp.br/sibi/

UNIBIBLI: base de dados produzida em CD-ROM reunindo o acervo (periódicos, livros e teses) das bibliotecas das universidades paulistas:USP, UNICAMP e UNESP. Editado em CD-ROM

PROTHEUS: disponibiliza consulta no catálogo da biblioteca da Universidade São Marcos, São Paulo. Acesso:http://protheus.smarcos.
br:4500/ALEPH

ACERVUS: divulga coleção das bibliotecas da UNICAMP – Universidade de Campinas. Acesso: http://www.unicamp.br

SIBi/UFRGS : disponibiliza consulta no acervo das bibliotecas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Acesso:http://www.ufrgs.br

CELEPAR : possibilita consulta no catálogo das bibliotecas públicas. Acesso: http://www.celepar.br

Internacionais

OCLC – Online Computer Library Center : sociedade entre bibliotecas para disponibilização do acervo. Reunião dos catálogos das bibliotecas participantes do sistema (OPACS-On-Line Public Access Catalogs) http://www.oclc.org

MELVYL – Catálogo da Library of Congress:http://lcweb.loc.gov/

BASE DE DADOS DE DIRETÓRIOS

Informações ou dados sobre pessoas, instituições. Exemplos:

Nacionais

PROSSIGA – Programa que visa promover o uso da informação e da comunicação para a pesquisa, oferecendo serviços de informação sobre incentivo à C&T, mercado de trabalho e bibliotecas virtuais especializadas. Guia de pesquisadores do CNPq. Permite acesso a e-mails de pesquisadores, links de C&T, informações sobre bolsas, etc. http://www.prossiga.cnpq.br/

PESQUISADORES DA USP: http://www.ibict.br

PESQUISADORES NO BRASIL – endereços de páginas disponíveis na Internet de pesquisadores que atuam em empresas, institutos, laboratórios, universidades, entre outros. http://www.usp.br

GUIA DA IMPRENSA BRASILEIRA – Contém endereço de emissoras de rádio, TV, agências de assessoria da imprensa, designers gráficos, estúdios fotográficos e jornalistas free-lancers. http://www.preview.com.br/
guia/med.htm

SINDICATOS NA INTERNET – informações sobre a CUT, sindicatos de docentes de universidades, trabalhadores de banco, processamento técnicos, correios, economistas, jornalistas, aeronautas, e de outros setores.

CRUB – Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras – informações sobre os cursos das universidades brasileiras, públicas e privadas. http://www.crub.org.br

Internacionais

KOVAC’S Directory : diretório internacional das listas de discussão em todas as áreas do conhecimento.http://n2h2.com/KOVACS/

WWW VIRTUAL LIBRARY MUSEUM PAGES – Megadiretório de museus online, com centenas de links para instituições e galerias de todo mundo, listados por país, tipo de mostra, etc. http://www.comlab.ox.ac.uk/archive/
other/museums.html

TELEPHONE DIRECTORIES ON THE WEB – listas telefônicas, diretórios de e-mails e páginas amarelas do mundo inteiro (inclui algumas brasileiras). http://www.contractjobs.com/tel

LIBRARIANS’S HOME PAGE DIRECTORY – fonte de especialistas em informação, podendo ser identificados pelo nome e pelo tipo de biblioteca onde atuam.Para fazer parte da lista apresentar o endereço pelo e-mail: ‘; document.write( ” ); document.write( addy_text32676 ); document.write( ‘<\/a>’ ); //–>\n

BASE DE DADOS NUMÉRICOS

Incluem dados numéricos e estatísticos. Exemplos:

Nacionais

SIDRA – Sistema IBGE de Recuperação Automática de Dados – Banco de dados numéricos mantido pela Fundação IBGE, com apresentação de tabulações especiais de informações estatísticas, geográficas, cartográficas e ambientais do Brasil.http://www.ibge/gov.br/ e http://www.sidra.ibge.gov.br

Fundação SEADE -Sistema Estadual de Análise de Dados – Mantém base de dados numérica com informações de dados da FGV, FIBGE, FIESP, CEBRAP e de Secretaria Estaduais. Contém acervo de informações sócio econômicas sobre o Estado de São Paulo e municípios paulistas (desemprego, população, economia, eleições, comércio, previdência, etc.).http://www.seade.gov.br/

DIEESE – Banco de dados estatíscticos do Deptp. Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos.http://www.dieese.org.br/

Internacionais

INFONATION – Banco de dados com estatísticas de quase todos os países do mundo, com indicadores socioeconômicos, tabela comparativa com dados da Divisão de Estatística das Nações Unidas.

ONU – Organização das Nações Unidas – mantém bases de dados estatísticos internacionais referentes a indicadores socioeconomicos dos países. http://www.un.org

STATISTICAL RESOURCES ON THE WEB – Lista sites norteamericanos divididos em seções: agricultura, saúde, comércio, exterior, educação, sociologia, política, etc. http://www.lib.umich.edu/libhome

BASE DE DADOS DE TEXTO COMPLETO

Contém notícias de jornal, especificações técnicas, artigos de periódicos, textos de dicionários, etc. Algumas bases de dados textuais incluem dados numéricos, como os relatórios anuais de empresas, enciclopédias, etc. O acesso é feito direto no próprio endereço ou através de programas específicos (gratuíto ou por assinatura). Exemplos:

Nacionais

Dicionário de baianês – relaciona expressões do nordeste brasileiro.: http/www.alternex.com.br/
~jfernand/manual.htm

TRANSINFORMAÇÃO – Texto completo do artigos publicados na revista “Transinformação”, editada pela Escola de Biblioteconomia da PUC de Campinas. : http://www.puccamp.br/~biblio

CONSULTOR JURÍDICO – revista eletrônica com artigos de advogados, promotores e juízes. Cobre notícias OAB.

CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO – Texto dos artigos da revista publicada pelo IBICT, Brasília.: http://www.ibict.br

SCIELO – Scientific Eletronic Library Online (1997) – BIREME – coleção eletrônica de revistas científicas com textos completos dos artigos, disponíveis online. http://www.bireme.br

ProBe – Programa de Bibliotecas Eletrônicas (1999) – Consórcio mantido pela FAPESP – USP – UNESP – UNICAMP – UFSCar – BIREME para o acesso a texto integral de artigos publicados em 606 títulos de periódicos editados pela Elsevier Science Inc.http://www.usp.br/sibi

Internacionais

Ovid Technologies Inc. – produz base que permite o acesso a texto integral de artigos publicados em cerca de 90 títulos de periódicos médicos, via WWW, com a possibilidade de pesquisar as citações bibliográficas dos artigos (na íntegra ou na forma de resumo). Possui links com outras bases de dados bibliográficos como o MEDLINE, PsycINFO. Acesso: http://gateway.ovid.com

Flags of the World – Banco de dados com textos e reproduções de bandeiras de países e estados. Possui dicionário de termos relacionados ao tema. http://fotw.digibel.be/flags

Encyclopaedia Britannica – Inclui mais de 72 mil artigos e 20 mil biografias com imagens. Acesso por assinatura.http://www.eb.com

BASE DE DADOS GRÁFICOS

Apresentam fórmulas químicas, imagens, logotipos. Exemplo: TRADEMARKSCAN – marcas comerciais patenteadas nos EUA :
http://library.dialog.com/ bluesheets/html/bl0673.html

OUTROS EXEMPLOS DE BASES DE DADOS:

BASES DE DADOS DE PERIÓDICOS

Nacionais

TITCCN – Base que relaciona os títulos de periódicos e respectivas coleções que compõem o catálogo coletivo nacional de publicações seriadas mantido pelo IBICT. Disponível em CD-ROM. Acesso: http://www.ibict.br

ISSN-Publicações Periódicas Brasileiras – Editado pelo IBICT, divulga os títulos de periódicos brasileiros e respectivos ISSN’s.http://www.ibict.br

CCN – Catálogo Coletivo Nacional : editado pelo IBICT, divulga os títulos de períodicos existentes em coleções de biblitoecas brasileiras. Disponível em CD-ROM . Acesso online: http://www.ibict.br

Internacionais

SERLINE : base que reúne as publicações seriadas da National Library of Medicine, com dados de identificação e abreviatura dos títulos de periódicos que compõem a base de dados MEDLINE. Disponível em CD-ROM. Acesso: http://www.nlm.nih.gov

SeCS – Seriados em Ciências da Saúde – Produzida pela BIREME esta base reúne os títulos deperiódicos do acervo das biobliotecas da América Latina e do Caribe componentes da rede BIREME. Disponível em CD-ROM. Acesso:http://www.bireme.br

ULRICH’s International Directory – Identifica cerca de 10 mil títulos de periódicos, de âmbito internacional, de todas as áreas. Edições impressas editadas bienalmente.Disponível em CD-ROM. http://www.bowker.com/
catalog/home/entries/p25_c1.html

BAILEY’S Directory – Diretório de publicações eletrônicas disponíveis na Internet, produzido por Bailey. http://info.lib.uh.edu/pr/
v6/n1/bail6n1.html

BASE DE DADOS DE TESES

Nacionais

SITE – Sistema de Informação sobre Teses : produzida pelo IBICT reune a produção brasileira de teses e dissertações.http://www.ibict.br

DEDALUS : base catalográfica da Universidade de São Paulo, que mantém registro de todas as teses e dissertações defendidas na universidade. Acesso: http://www.usp.br/sibi/

BLC-T-CI – Base de dados de Literatura Cinzenta – Teses – Ciências da Informação – mantida pelo Grupo de Estudos em produção Científica do CBD/ECA/USP

UNIBIBLI : base de dados em CD-ROM produzida pelas três universidades paulistas: UNICAMP, UNESP e USP. Contém informações sobre as teses e dissertações defendidas nas universidades em questão. Disponível em CD-ROM

Internacionais

DISSERTATION ABSTRACTS : produzida pela UMI, divulga teses e dissertações, de âmbito internacional, agrupadas nas áreas: “Humanities”, “Science & Engineering”, “World Wide” . Disponível em CD-ROM.

BASE DE DADOS DE PATENTES

Nacionais

INPI (Instituto Nacional de Propriedade Intelectual), através do CEDIN (Centro de Documentação e Informação Tecnológica) mantém base de dados para consulta sobre patente depositadas no Brasil. Acesso: http://www.inpi.gov.br

Internacionais

INPADOC-International Patent Documentation Center) – da WIPO (World Intellectual Property Organization) mantém um acervo de patentes correpondendo a 90% do total existente em todo o mundo. Acesso: http://www.wipo.org e http://www.european-patent-office.org/inpadoc/index.htm

QUESTEL-ORBIT – Minesoft Ltd., provedor online com informações sobre patentes e marcas. Acesso: http://www.minesoft.com

BASE DE DADOS DE NORMAS TÉCNICAS

Nacionais

ABNT-Associação Brasileira de Normas Técnicas – responsável pela elaboração de documentos normativos brasileiros.http://www.abnt.org.br/

Internacionais

ISO-International Organization for Standardization – Mantém base de dados para consulta de normas técnicas internacionais.http://www.iso.ch

ANSI-American National Standards Institute. http://www.ansi.org

BASE DE DADOS LEGISLATIVOS

Nacionais

PRODASEN – Centro de Informação e Processamento de Dados do Senado Federal. Mantém bases de dados de Normas Jurídicas (NJUR), Matérias legislativas (MATE), entre outras http://www.camara.gov.br/

SENADO – informações e publicações do Senado http://www.senado.gov.br/

CONSELHO DA JUSTIÇA FEDERAL – base de daos da jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça e dos Tribunais Regionais Federais http://www.cjf.gov.br/

Internacionais

NOCALL-Federal Legislation http://www.nocall.org

European Legislation Committee http://www.parliament.uk/
commons/selcom/eurohome.htm

FONTES CONSULTADAS

CUNHA, Murilo Bastos da. Bases de Dados no Brasil: um potencial inexplorado. Ciência da Informação, v. 18, n-1, p. 45-57, jan./jun. 1989

CUNHA, Murilo Bastos da. As tecnologias da Informação e a integração das bibliotecas brasileiras. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS, 8o, 1994, Campinas. Anais. Campinas: UNICAMP, 1994. p. 105-22.

ROWLEY, Jenifer. Informática para bibliotecas. Brasília: Briqnet de Lemos/Linos, 1994.

BASE DE DADOS - PERIÓDICOS ELETRÔNICOS

PERIÓDICOS ELETRÔNICOS 

AMBIENTE E EDUCAÇÃO: REVISTA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL 

APRENDER: CADERNO DE FILOSOFIA E PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO 

ARTIGOS – PSICOPEDAGOGIA 

AVALIAÇÃO: REVISTA DA AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 

CADERNOS DA PEDAGOGIA 

CADERNOS DE EDUCAÇÃO 

CAPES – MARCA – MOBILIDADE DOCENTE 

CIÊNCIA E EDUCAÇÃO 

CONJECTURA: FILOSOFIA E EDUCAÇÃO 

EDUCAÇÃO 

EDUCAÇÃO E FILOSOFIA 

EDUCAÇÃO E PESQUISA 

EDUCAÇÃO E SOCIEDADE 

EDUCAÇÃO MATEMÁTICA PESQUISA 

EDUCAÇÃO, ARTE E HISTÓRIA DA CULTURA 

ENERGIA NA AGRICULTURA
ENGENHARIA AMBIENTAL: PESQUISA E TECNOLOGIA
FAZU em Revista
INFORMAÇÕES AGRONÔMICAS
IRRIGA
PC Word Digital
PERIÓDICOS CAPES

REFORMA AGRÁRI
REVISTA BRASILEIRA DE CARTOGRAFIA
REVISTA BRASILEIRA DE HERBICIDAS
REVISTA BRASILEIRA DE REPRODUÇÃO ANIMAL

REVISTA BRASILEIRA DE TECNOLOGIA DE ALIMENTOS
REVISTA DA ANPOLL
REVISTA DA FACULDADE DE ZOOTECNIA, VETERINÁRIA E AGRONOMIA DA PUCRS (Clicar em utilidades/Revistas do Campus)
ANIMAL REPRODUCTION
BAR – BRAZILIAN ADMINISTRATION REVIEW
BOLETIM DE INDUSTRIA ANIMAL
 

ENSAIO 

ETD, EDUCAÇÃO TEMÁTICA DIGITAL 

PÁTIO EDUCAÇÃO INFANTIL – ONLINE 

PÁTIO ENSINO MÉDIO – ONLINE 

PÁTIO REVISTA PEDAGÓGICA – ONLINE 

PERSPECTIVA/UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA 

RENOTE: REVISTA NOVAS TECNOLOGIAS DA EDUCAÇÃO 

REVISTA AGULHA DA BIBLIOTECA NACIONAL  

REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO 

REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO ESPECIAL 

REVISTA BRASILEIRA DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO 

REVISTA CIENTÍFICA ELETRÔNICA DE PEDAGOGIA 

REVISTA CONTABILIDADE VISTA E REVISTA 

REVISTA DE POLÍTICA AGRÍCOLA (clicar na logomarca RPA)

REVISTA DOS BIOMÉDICOS ONLINE 

REVISTA FEED&FOOD
REVISTA DE ADMINISTRAÇÃO DA USP 

REVISTA GEODÉSIA  

REVISTA HISTEDBR ONLINE: HISTÓRIA, SOCIEDADE E EDUCAÇÃO NO BRASIL 

REVISTA INTEGRAÇÃO PEDAGÓGICA ONLINE 

REVISTA LIBERATO: EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA 

REVISTA PORTUGUESA DE EDUCAÇÃO 

REVISTA PRESENÇA PEDAGÓGICA ONLINE 

REVISTA VEJA
REVISTA DE GESTÃO DA TECNOLOGIA E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO – RGTSI
 

VOCE S.A. ON LINE  

SALA DE LEITURA
THE NATIONAL ACADEMIES PRESS 

TRABALHO, EDUCAÇÃO E SAÚDE 

E-RevistasA Plataforma Open Access de Revistas Científicas Electrónicas Españolas y Latinoamericanas e-Revistas é um projecto impulsionado pelo Consejo Superior de Investigaciones Científicas (CSIC) com a finalidade de contribuir para a difusão e visibilidade das revistas científicas publicadas na América Latina, Caribe, Espanha e Portugal. 

Amazônia Ciência e Desenvolvimento
A revista tem artigos inéditos de pesquisadores do Banco e de outras instituições, resumos dos trabalhos apresentados na Sexta Técnica e relatórios de pesquisas financiadas pelo Banco.

American Carbon Society

American Mathematical Society (Journals)

Boletim Brasileiro de Educação Física
http://www.boletimef.org  

Brazilian Journal of Information Science

Ciência da Informação

DataGramaZero – Revista de Ciência da Informação

  • · REVISTA COM TEXTOS COMPLETOS

Electronic Transactions in Numerical Analysis

Esfera – Revista Filológica y Cultural Hispana

ExtraLibris – Informação, Cultura e Tecnologia

Geometry and Topology

Informação & Informação

Journal of Microwaves and Optoelectronics

Journals of the Royal Society

Mathematical Physics Eletronics Journal

Newseum: The Interactive museum of news
Site que apresenta a primeira página de todos os maiores jornais do mundo.

New York Journal of Mathematics

 

Periódicos – Biblioteca Virtual de Referência para Pesquisa em C&T do Prossiga
Encontra-se na Biblioteca Virtual de Referência para Pesquisa em C&T do

Prossiga o link PERIÓDICOS onde arrolam-se periódicos e fontes de referência sobre periódicos brasileiros e estrangeiros acessíveis na Internet. Os títulos que integram a categoria, na maioria das vezes, dão acesso ao texto integral dos artigos.

Periódicos Eletrônicos assinados com a EBSCO
Acesse textos completos de periódicos eletrônicos estrangeiros nas diversas áreas do conhecimento assinados com a EBSCO.

Biblioteca Virtual de Saúde Adolfo Lutz

CEREBRAL CORTEX HUMAN REPRODUCTION

JOURNAL OF NEUROSCIENCE

Portal de Periódicos da Capes

Portal LivRe!
LivRe! é o Portal desenvolvido pelo CIN – Centro de Informação Nuclear – da CNEN para facilitar a localização e o acesso a periódicos eletrônicos de acesso gratuito na Internet. O Portal engloba periódicos científicos, de divulgação científica e boletins técnicos  cobrindo todas as áreas de conhecimento.

REVCOM – Coleção eletrônica de revistas de Ciências da Comunicação

Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação

Revista Científica Eletrônica de Engenharia Florestal

Revista Científica da Fundação Educacional de Ituverana

Revista Eletrônica de Ciência Administrativa (RECADM)

Revista Eletrônica de Turismo

Revista Enfoques – Revista Eletrônica dos Alunos do PPGSA
Revista com artigos na área de Sociologia e Antropologia. No v. 2, n. 1, jul. 2003, consta o artigo do Bacharel em Biblioteconomia e Mestre em Planejamento do Desenvolvimento pelo Núcleo de Altos Estudos Amazônicos (NAEA/UFPA), Rubens da Silva Ferreira, intitulado “Travestis em perigo ou o perigo das travestis? Notas sobre a insegurança nos territórios prostitucionais dos transgêneros em Belém (PA)”.

Revista de Psiquiatria Clínica
Órgão Oficial do Departamento e Instituto de Psiquiatria – Faculdade de Medicina – Universidade de São Paulo.

Revista de Saúde Sexual e Reprodutiva
Informativo eletrônico mensal o qual visa informar não só médicos na área de ginecologia e obstetrícia, mas também todos aqueles interessados nos direitos sexuais e reprodutivos, além da área de adolescentes, violência, planejamento familiar e abortamento.

Revista I-Coletiva
Revista do NICE – Núcleo de Inteligência Coletiva Aplicada à Educação – que permite acesso a um espaço de idéias traduzidas em textos publicáveis  sobre educação, leitura, tecnologias da informação e comunicação.

Revista Universo Contábil
Publicação eletrônica quadrimestral, gratuita, sob a responsabilidade do Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis – PPGCC da Universidade Regional de Blumenau – FURB, que visa disseminar e fomentar o conhecimento dentro das seguintes  áreas: Contabilidade para Usuários Externos, Controladoria e Contabilidade Gerencial, Mercados  Financeiro e Acionário, Educação e Pesquisa Contábil.

Revista Virtual da Iniciação Acadêmica

SciELO – Scientific Electronic Library Online
Biblioteca virtual de uma coleção selecionada de periódicos científicos brasileiros em formato eletrônico. Proporciona acesso a coleções de periódicos como um todo, aos fascículos de cada título de periódico, aos textos completos dos artigos de revistas assim como produz e publica indicadores do seu uso e impacto. No link lista alfabética dos periódicos estão disponíveis mais de 50 títulos dentre eles: Acta Cirúrgica Brasileira, Bragantia, Brazilian Journal of Medical and Biological Research, Ciência da Informação etc.

Theory and Applications of Categories

PERIÓDICOS ÁREA DE EDUCAÇÃO

PERIÓDICOS NA ÁREA DE EDUCAÇÃO

Ambiente e Educação: Revista de Educação Ambiental

http://www.seer.furg.br/ojs/index.php/ambeduc 

Aprender: Caderno de Filosofia e Psicologia da Educação

http://www.uesb.br/editora/publicacoes/aprender/index.asp?tex=formatos
/formatos.html 

Avaliação: revista da avaliação da educação superior

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=1414-4077&lng=en&nrm=iso 

Cadernos de Educação

http://www.ufpel.edu.br/fae/caduc/ 

Ciência e Educação

http://www2.fc.unesp.br/cienciaeeducacao/

Conjectura: Filosofia e Educação

http://www.ucs.br/etc/revistas/index.php/conjectura

Educação

http://cascavel.ufsm.br/revistas/ojs-2.2.2/index.php/reveducacao

Educação e pesquisa

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=1517-9702&lng=en&nrm=iso

Educação e Filosofia

http://www.seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia

Educação Maemática pesquisa

http://revistas.pucsp.br/index.php/emp/

Ensaio

http://www.scielo.br/scielo.php?pid=0104-4036&script=sci_serial

ETD, Educação Temática Digital

http://www.fae.unicamp.br/etd/

Perspectiva/Universidade Federal de Santa Catarina

http://www.perspectiva.ufsc.br/index_perspectiva.php

Renote: Revista Novas Tecnologias da Educação

http://seer.ufrgs.br/RENOTE

Revista Brasileira de Educação

http://www.scielo.br/scielo.php?pid=1413-2478&script=sci_serial

Educação e Sociedade

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=0101-7330&lng=en&nrm=iso
Revista Brasileira de Educação Especial

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=1413-6538&nrm=iso&rep=&lng=pt

Revista Brasileira de informática na educação

http://www.br-ie.org/pub/index.php/rbie

Eucação, arte e história da cultura

http://www.mackenzie.br/educacao_arte_historia_cultura1.html

Revista HISTEDBR Online: História, Sociedade e Educação no Brasil

http://www.histedbr.fae.unicamp.br/revis.html

Revista portuguesa de educação

http://www.scielo.oces.mctes.pt/scielo.php?script=sci_serial&pid=0871-9187&

Trabalho, educação e saúde

http://www.revista.epsjv.fiocruz.br/

Revista Liberato: educação, ciência e tecnologia

http://www.liberato.com.br/revista.php

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TCC

E-BOOKS

Ø Livros Jornalismo, Produção audiovisual – Texto Integral  

TRADIÇÃO E REFLEXÕES: CONTRIBUTOS PARA A TEORIA E ESTÉTICA DO DOCUMENTÁRIO 

Autor: Manuela Penafria

A obra fala do processo de produção de um documentário e mostra exemplos de histórias colocadas neste formato, como por exemplo o movimento operário brasileiro dos anos 70 ou até mesmo durante a era franquista espanhola.

PRAGMÁTICA: COMUNICAÇÃO PUBLICITÁRIA E MARKETING 

Autor: Annamaria Jatobá Palacios e Paulo Serra

A coletânea divulga textos de pesquisadores portugueses, espanhóis e brasileiros com produção acadêmica voltada para a investigação de mecanismos linguístico-discursivos desenvolvidos por diferentes práticas sócio-discursivas, a exemplo da publicidade, comunicação organizacional e marketing.

O ADMIRÁVEL MUNDO DAS NOTÍCIAS: TEORIAS E MÉTODOS 

Autor: João Carlos Correia

O livro pretende ser um manual onde se encontre uma abordagem aprofundada da literatura disponível sobre Estudos Jornalísticos.

RADIOJORNALISMO HIPERMIDIÁTICO: TENDÊNCIAS E PERSPECTIVAS DO JORNALISMO DE RÁDIO ALL NEWS BRASILEIRO EM UM CONTEXTO DE CONVERGÊNCIA TECNOLÓGICA 

Autor: Debora Cristina Lopez

A autora analisa emissoras all news brasileiras e se insere no contexto da revolução que afeta o rádio contemporâneo.

JORNALISMO E CONVERGÊNCIA: ENSINO E PRÁTICAS PROFISSIONAIS 

Autor: Claudia Quadros, Kati Caetano e Álvaro Larangeira

Nesta obra pesquisadores do Brasil, Espanha, Portugal e México discutem novas propostas teórico-metodológicas para o ensino do jornalismo digital. Diversas experiências de ensino também são relatadas, evidenciando problemas, busca de soluçoes, improvisações e criatividade diante de estruturas ainda em desenvolvimento do sistema de ensino.

A GAZETA “DA RESTAURAÇÃO” 

Autor: Jorge Pedro Sousa (Coord.); Maria do Carmo Castelo Branco; Mário Pinto; Sandra Tuna; Gabriel Silva; Eduardo Zilles Borba; Mônica Delicato; Carlos Duarte; Nair Silva; Patrícia Teixeira

O livro procura explicar como foi introduzido o jornalismo em Portugal, quais os fatores que contribuíram para o desenvolvimento dessa atividade de disseminação de informação e conhecimento no país, qual a importância que, nesse contexto, teve a Gazeta apelidada “da Restauração”, do que falava essa Gazeta e como falava dos assuntos que abordava.

RETÓRICA E MEDIATIZAÇÃO: AS INDÚSTRIAS DA PERSUASÃO 

Autor: Ivone Ferreira & Gisela Gonçalves

A obra mostra de que modo as novas mídias contribuem para a persuasão sobre produtos, marcas ou ideias políticas e até que ponto a retórica mediatizada tem acompanhado a evolução tecnológica e se adaptado às novas ferramentas comunicacionais. Além disso o livro também fala sobre os atores e temáticas que sobressaem dessa análise e de que forma o jornalismo incorpora novas formas retóricas para se tornar mais eficiente.

ENSAIOS DE COMUNICAÇÃO ESTRATÉGICA 

Autor: Eduardo J. M. Camilo

No livro, o autor homenageia alguns amigos e aproveita para dar uma amostra representativa de textos que falam de comunicação estratégica, discursos políticos, teorias de comunicação publicitária e a análise do discurso publicitário (comercial).

VITRINE E VIDRAÇA: CRÍTICA DE MÍDIA E QUALIDADE NO JORNALISMO 

Autor: Rogério Christofoletti

Através da obra, o autor procura discutir a qualidade no jornalismo e tenta refletir sobre democracia e responsabilidade social. O livro está atrelado também ao debate sobre a ética, a formação dos novos jornalistas, a inovação e a busca da excelência técnica.

CIDADANIA DIGITAL 

Autor: Isabel Salema Morgado e António Rosas

Neste livro, os autores vão procurar encontrar respostas para a questão da cidadania digital, apresentando análises de realidades diversas cujo enquadramento comum são os usos que os cidadãos fazem das redes digitais.

CIDADANIA DIGITAL 

Autor: Isabel Salema Morgado e António Rosas

Neste livro, os autores vão procurar encontrar respostas para a questão da cidadania digital, apresentando análises de realidades diversas cujo enquadramento comum são os usos que os cidadãos fazem das redes digitais.

HOMO CONSUMPTOR: DIMENSÕES TEÓRICAS DA COMUNICAÇÃO PUBLICITÁRIA 

Autor: Eduardo José Marcos Camilo

O objetivo do autor é responder a uma única questão central: o que é a publicidade enquanto fenômeno de comunicação de massa? Na resposta, o autor reúne uma série de paradigmas teóricos que pretende que sejam alternativos aos que habitualmente estão integrados no domínio das ciências empresariais, com especial destaque para o do marketing.

CONCEITOS DE COMUNICAÇÃO POLÍTICA 

Autor: João Carlos Correia, Gil Baptista Ferreira e Paula do Espírito Santo

Vislumbra-se com este livro um aprofundamento dos estudos nesta área visível da imprensa universitária e especializada e na formação de Grupos de Trabalho nas Sociedades Científicas nacionais e internacionais.

MARKETING E COMUNICACIÓN 

Autor: José Sixto García

A obra fala das relações existentes entre a comunicação, o jornalismo e o marketing. Também apresenta uma nova categoria do marketing voltada para a comunicação, chamada de Marketing da Comunicação.

O PARADIGMA MEDIOLÓGICO: DEBRAY DEPOIS DE MCLUHAN 

Autor: José António Domingues

O problema geral do livro remete para o exame do poder constitutivo da mediação em seis momentos fundamentais: teológico, filosófico, gramatológico, representacional, técnico-científico e digital.

DIREITOS DO HOMEM, IMPRENSA E PODER 

Autor: Isabel Salema Morgado

Entendida por muitos como marco civilizacional, coube-me procurar compreender como é percepcionada a Declaração Universal dos Direitos do Homem, na sua dupla projeção: como representação social objetivada no discurso e como enquadramento de uma certa prática política enquanto proposta de exercício do poder para todos os Estados.

REDEFININDO OS GÊNEROS JORNALÍSTICOS: PROPOSTA DE NOVOS CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO 

Autor: Lia Seixas

Com as novas mídias, surgem novos formatos, se hibridizam, se embaralham os gêneros. A noção de gênero entra, mais uma vez, em cheque. Por isso mesmo passa a ser vista com mais atenção. Alguns gêneros podem acabar, outros podem aparecer. Alguns se transformam, outros se mantêm.

INFORMAÇÃO E PERSUASÃO NA WEB: RELATÓRIO DE UM PROJECTO 

Autor: Paulo Serra e João Canavilhas

O projeto procura estudar os princípios a que terá de obedecer a construção das páginas Web das instituições de ensino superior públicas portuguesas. Delineou-se, para a execução de tal objetivo, uma investigação focada nos utilizadores, e que confrontasse estes com as diversas possibilidades de organização da informação, de modo a apurar as que se revelariam, de facto, quer como as mais persuasivas, quer como as mais satisfatórias das necessidades e interesses desses mesmos utilizadores.

WEBNOTICIA: PROPOSTA DE MODELO JORNALÍSTICO PARA A INTERNET 

Autor: João Canavilhas

O livro é parte da tese de doutorado “Webnoticia: Proposta de Modelo Jornalístico Para a Internet” e pretende ser uma pequena contribuição para a identificação de uma linguagem convergente para o webjornalismo.

MANUAL DA TEORIA DA COMUNICAÇÃO 

Autor: Joaquim Paulo Serra

A obra mostra como a comunicação assumiu um lugar tão central na nossa sociedade.

JORNALISMO DIGITAL DE TERCEIRA GERAÇÃO 

Autor: Suzana Barbosa

O livro Jornalismo digital de terceira geração reúne os artigos apresentados durante as “Jornadas Jornalismo On-line.2005: Aspectos e Tendências”, durante os dias 25 e 26 de Novembro, na Universidade da Beira Interior, Covilhã (Portugal). O livro agrega mais duas importantes contribuições produzidas pelos autores brasileiros Elias Machado, Marcos Palacios e Paulo Munhoz.

SOCIEDADE E COMUNICAÇÃO: ESTUDOS SOBRE JORNALISMO E IDENTIDADES 

Autor: João Carlos Correia

A obra cita, no plano da indústria mediática, a tentativa de pensar formas alternativas de comunicação que privilegiem uma relação dinâmica com os públicos, aberta à crítica e à partilha de saberes, ao confronto de opiniões e de argumentos, à pluralidade de discursos, por oposição ao paradigma constituído pela comunicação de massa.

COMUNICAÇÃO E POLÍTICA 

Autor: João Carlos Correia

Este livro tem as qualidades e fraquezas do pioneirismo. Reflete um certo ponto da investigação portuguesa nos domínios da Comunicação e Política.

COMUNICAÇÃO E PODER 

Autor: João Carlos Correia

A obra fala da comunicação e do poder como dois conceitos englobantes, alegadamente monumentais, dotados de uma vastidão conceitual suficientemente abrangente.

A PERSUASÃO 

Autor: Américo de Sousa

O estudo da persuasão pressupõe uma viagem pelos territórios teóricos que a sustentam: a retórica, a argumentação e a sedução.

A INFORMAÇÃO COMO UTOPIA 

Autor: Joaquim Paulo Serra

O libro mostra como a “sociedade da informação” tem as suas raízes no ideal iluminista de uma sociedade constituída por cidadãos que, partilhando o saber, podem decidir democraticamente, partilhando o poder.

MANUAL DE JORNALISMO 

Autor: Anabela Gradim

É um manual extremamente conservador, tanto na forma de encarar a imprensa e o seu papel, como na ideologia e propostas implícitas e explícitas ao longo do texto.

A LETRA: COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO 

Autor: Jorge Bacelar

O autor fala de como o homem descobre maneiras de estabelecer registros que duram por muito tempo e como foi a evolução formal dos símbolos tipográficos ao longo das últimas décadas.

JORNALISMO E ESPAÇO PÚBLICO 

Autor: João Carlos Correia

O objetivo deste trabalho é, com recurso a uma perspectiva interdisciplinar, indagar sobre a natureza da relação entre a indústria jornalística e os seus públicos no contexto de uma sociedade de massa.

SEMIÓTICA: A LÓGICA DA COMUNICAÇÃO 

Autor: António Fidalgo

O livro discute a semiótica através de dois fatores que, de acordo com o autor, demarcam os estudos semióticos contemporâneos em comparação com os antigos e, simultaneamente, instituem a semiótica como ciência.

Ø Biblioteca Digital de Literatura – Domínio Público 

  1. 13 Oktobro 1582 -Luiz Ferreira Portella Filho
  2. 14 de Julho na Roça -Raul Pompéia
  3. 345 -Artur Azevedo
  4. 7 Canções -Salomão Rovedo
  5. A Alegria da Revolução -Ken Knab
  6. A Alma do Lázaro -José de Alencar
  7. A Alma Encantadora das Ruas -João do Rio
  8. A Ama-Seca -Artur Azevedo
  9. A Arrábida -Vania Ribas Ulbricht
  10. A Bela Madame Vargas -João do Rio
  11. A Brasileira de Prazins -Camilo Castelo Branco
  12. A Campanha Abolicionista -José Carlos do Patrocínio
  13. A Capital Federal -Artur Azevedo
  14. A Carne -Júlio Ribeiro
  15. A Carta de Pero Vaz de Caminha -Pero Vaz de Caminha
  16. A Carta -Pero Vaz de Caminha
  17. A Carteira -Machado de Assis
  18. A Cartomante -Machado de Assis
  19. A Casadinha de Fresco -Artur Azevedo
  20. A Causa Secreta -Machado de Assis
  21. A chave -Machado de Assis
  22. A Chinela Turca -Machado de Assis
  23. A Cidade e as Serras -José Maria Eça de Queirós
  24. A Comédia dos Erros -William Shakespeare
  25. A Condessa Vésper -Aluísio de Azevedo
  26. A Confissão de Lúcio -Mário de Sá-Carneiro
  27. A Conquista -Coelho Neto
  28. A Conselho do Marido -Artur Azevedo
  29. A Cruz Mutilada -Vania Ribas Ulbricht
  30. A Dama das Camélias -Alexandre Dumas Filho
  31. A Dama das Camélias -Alexandre Dumas Filho
  32. A Dança dos Ossos -Bernardo Guimarães
  33. A Desejada das Gentes -Machado de Assis
  34. A Desobediência Civil -Henry David Thoreau
  35. A Dívida -Artur Azevedo
  36. A Divina Comédia -Dante Alighieri
  37. A Ela -Machado de Assis
  38. A Escrava Isaura -Bernardo Guimarães
  39. A Esfinge sem Segredo -Oscar Wilde
  40. A esfinge sem segredo -Oscar Wilde
  41. A Harpa do Crente -Vania Ribas Ulbricht
  42. A Herança -Machado de Assis
  43. A idéia do Ezequiel Maia -Machado de Assis
  44. A Igreja do Diabo -Machado de Assis
  45. A Ilustre Casa de Ramires -José Maria Eça de Queirós
  46. A Inglezinha Barcelos -Machado de Assis
  47. A Luneta Mágica -Joaquim Manuel de Macedo
  48. A Mágoa do Infeliz Cosme -Machado de Assis
  49. A Mão e a Luva -Machado de Assis
  50. A Megera Domada -William Shakespeare
  51. A melhor das noivas -Machado de Assis
  52. A Mensageira das Violetas -Florbela Espanca
  53. A Metamorfose -Franz Kafka
  54. A Moreninha -Joaquim Manuel de Macedo
  55. A Mulher de Preto -Machado de Assis
  56. A Mulher Pálida -Machado de Assis
  57. A ‘Não-me-toques’ ! -Artur Azevedo
  58. A Orgia dos Duendes -Bernardo Guimarães
  59. A Parasita Azul -Machado de Assis
  60. A Pata da Gazela -José de Alencar
  61. A Pianista -Machado de Assis
  62. A Poesia Interminável -João da Cruz e Sousa
  63. A Princesa de Babilônia -Voltaire
  64. A Relíquia -José Maria Eça de Queirós
  65. A Segunda Vida -Machado de Assis
  66. A Semana -Machado de Assis
  67. A Senhora do Galvão -Machado de Assis
  68. A Sereníssima República -Machado de Assis
  69. A Tempestade -William Shakespeare
  70. A Tragédia de Hamlet, Príncipe da Dinamarca -William Shakespeare
  71. A última receita -Machado de Assis
  72. A Vida Eterna -Machado de Assis
  73. A viúva Sobral -Machado de Assis
  74. A Viuvinha -José de Alencar
  75. A Volta ao Mundo em 80 Dias -Júlio Verne
  76. A Volta ao Mundo em Oitenta Dias -Júlio Verne
  77. Adão e Eva -Machado de Assis
  78. Alma Inquieta -Olavo Bilac
  79. Almas Agradecidas -Machado de Assis
  80. Americanas -Machado de Assis
  81. AMOR COM AMOR SE PAGA -França Júnior
  82. Amor de Perdição -Camilo Castelo Branco
  83. Amor de Perdição -Camilo Castelo Branco
  84. Anedota do Cabriolet -Machado de Assis
  85. Anedota Pecuniária -Machado de Assis
  86. Antes da Missa -Machado de Assis
  87. Antes da Rocha Tapéia -Machado de Assis
  88. Antes que Cases -Machado de Assis
  89. Antigonas -Sofócles
  90. Antologia -Antero de Quental
  91. Antônio e Cleópatra -William Shakespeare
  92. Aos Vinte Anos -Aluísio de Azevedo
  93. Arte Poética -Aristóteles
  94. As Academias de Sião -Machado de Assis
  95. As Alegres Senhoras de Windsor -William Shakespeare
  96. As Bodas de Luís Duarte -Machado de Assis
  97. As Forças Caudinas -Machado de Assis
  98. As Primaveras -Casimiro de Abreu
  99. As Religiões no Rio -João do Rio

100.As Viagens -Olavo Bilac

101.As Vítimas-Algozes -Joaquim Manuel de Macedo

102.Astúcias de Marido -Machado de Assis

103.Aurora sem Dia -Machado de Assis

104.Auto da Alma -Gil Vicente

105.Auto da Barca do Inferno -Gil Vicente

106.Auto da Barca do Inferno -Gil Vicente

107.Ayres e Vergueiro -Machado de Assis

108.Balas de Estalo -Machado de Assis

109.Bom Crioulo -Adolfo Ferreira Caminha

110.Bons Dias -Machado de Assis

111.BRÁS, BEXIGA E BARRA FUNDA -Alcântara Machado

112.Camões -Joaquim Nabuco

113.Canção do Exílio -Antônio Gonçalves Dias

114.Cancioneiro -Fernando Pessoa

115.Canções e Elegias -Luís Vaz de Camões

116.Cândido -Voltaire

117.Capítulos de História Colonial (1500-1800) -João Capistrano de Abreu

118.Carolina -Casimiro de Abreu

119.Carta de Pero Vaz de Caminha. -Pero Vaz de Caminha

120.Cartas D’Amor – O Efêmero Feminino -José Maria Eça de Queirós

121.Cartas D’Amor -José Maria Eça de Queirós

122.Casa de Pensão -Aluísio de Azevedo

123.Casa Velha -Machado de Assis

124.Catálogo de Autores Brasileiros com a Obra em Domínio Público -FBN

125.Catálogo de Publicações da Biblioteca Nacional -Fundação Biblioteca Nacional

126.Charneca em Flor -Florbela Espanca

127.Cícero -Plutarco

128.Cinco Minutos -José de Alencar

129.Cinco minutos -José de Alencar

130.Cinco Mulheres -Machado de Assis

131.Coisas que Só Eu Sei -Camilo Castelo Branco

132.Como e Por Que Sou Romancista -José de Alencar

133.Confissões de uma Viúva -Machado de Assis

134.Confissões de uma Viúva Moça -Machado de Assis

135.Conto de Escola -Machado de Assis

136.Conto de Inverno -William Shakespeare

137.Contos de Lima Barreto -Afonso Henriques de Lima Barreto

138.Contos Fluminenses -Machado de Assis

139.Contos Gauchescos -João Simões Lopes Neto

140.Contos -José Maria Eça de Queirós

141.Contos para Velhos -Olavo Bilac

142.Coração, Cabeça e Estômago -Camilo Castelo Branco

143.Coriolano -William Shakespeare

144.Diário Íntimo -Afonso Henriques de Lima Barreto

145.Divina Comedia -Dante Alighieri

146.Do Livro do Desassossego -Fernando Pessoa

147.Dom Casmurro -Machado de Assis

148.Don Quijote -Miguel de Cervantes

149.Don Quixote -Miguel de Cervantes

150.Don Quixote. Vol. 1 -Miguel de Cervantes Saavedra

151.Don Quixote. Vol. 2 -Miguel de Cervantes Saavedra

152.Édipo-Rei -Sófocles

153.El Arte de la Guerra -Sun Tzu

154.Esaú e Jacó -Machado de Assis

155.Espumas Flutuantes -Antônio Frederico de Castro Alves

156.Este mundo da injustiça globalizada -José Saramago

157.Eterna Mágoa -Augusto dos Anjos

158.Eu -Augusto dos Anjos

159.Eu e Outras Poesias -Augusto dos Anjos

160.Farsa de Inês Pereira -Gil Vicente

161.Fausto -Johann Wolfgang von Goethe

  1. Ficções do interlúdio: para além do outro oceano de Coelho Pacheco. -Fernando Pessoa

163.Hamlet -William Shakespeare

164.Helena -Machado de Assis

165.História da Literatura Brasileira -José Veríssimo Dias de Matos

166.História da Literatura Brasileira: Fatores da Literatura Brasileira -Sílvio Romero

167.Histórias da Meia-Noite -Machado de Assis

168.Iliada -Homero

169.Iluminuras -Arthur Rimbaud

170.Iracema -José de Alencar

171.Júlio César -William Shakespeare

172.Kamasutra -Mallanâga Vâtsyâyana

173.Lira dos Vinte Anos -Manuel Antônio Álvares de Azevedo

174.Livro de Mágoas -Florbela Espanca

175.LIVRO DE SÓROR SAUDADE -Florbela Espanca

176.Livro do Desassossego -Fernando Pessoa

177.Lucíola -José de Alencar

178.Macbeth -William Shakespeare

179.Medida Por Medida -William Shakespeare

180.Memorial de Aires -Machado de Assis

181.Memórias de um Sargento de Milícias -Manuel Antônio de Almeida

182.Memórias Póstumas de Brás Cubas -Machado de Assis

183.Mensagem -Fernando Pessoa

184.Minha formação -Joaquim Nabuco

185.Missa do Galo -Machado de Assis

186.Muito Barulho Por Nada -William Shakespeare

187.Noite de Almirante -Machado de Assis

188.Noite na Taverna -Manuel Antônio Álvares de Azevedo

189.O Abolicionismo -Joaquim Nabuco

190.O Alienista -Machado de Assis

191.O Ateneu -Raul Pompéia

192.O Banqueiro Anarquista -Fernando Pessoa

193.O Cortiço -Aluísio Azevedo

194.O Crime do Padre Amaro -José Maria Eça de Queirós

195.O Crime do Padre Amaro -José Maria Eça de Queirós

196.O Dicionário -Machado de Assis

197.O Elixir da Longa Vida -Honoré de Balzac

198.O Enfermeiro -Machado de Assis

199.O Espelho -Machado de Assis

200.O Eu profundo e os outros Eus. -Fernando Pessoa

201.O Guarani -José de Alencar

  1. O Guardador de Rebanhos -Fernando Pessoa.
  2. O Homem que Sabia Javanês e Outros Contos -Afonso Henriques de Lima Barreto

204.O Livro de Cesário Verde -José Joaquim Cesário Verde

205.O LIVRO D’ELE -Florbela Espanca

206.O Mercador de Veneza -William Shakespeare

207.O Mulato -Aluísio de Azevedo

208.O Navio Negreiro -Antônio Frederico de Castro Alves

209.O Navio Negreiro -Antônio Frederico de Castro Alves

210.O pastor amoroso -Fernando Pessoa

211.O Primo Basílio -José Maria Eça de Queirós

212.O que é o Casamento? -José de Alencar

213.O Sertanejo -José de Alencar

214.Obras Seletas -Rui Barbosa

215.Odisséia -Homero

216.Os Dois Cavalheiros de Verona -William Shakespeare

217.Os Escravos -Antônio Frederico de Castro Alves

218.Os Lusíadas -Luís Vaz de Camões

219.Os Maias -José Maria Eça de Queirós

220.Os Sertões -Euclides da Cunha

221.Otelo, O Mouro de Veneza -William Shakespeare

222.Outras Poesias -Augusto dos Anjos

223.Pai Contra Mãe -Machado de Assis

224.Papéis Avulsos -Machado de Assis

225.Poemas de Álvaro de Campos -Fernando Pessoa

226.Poemas de Fernando Pessoa -Fernando Pessoa

227.Poemas de Ricardo Reis -Fernando Pessoa

228.Poemas em Inglês -Fernando Pessoa

229.Poemas Inconjuntos -Fernando Pessoa

230.Poemas Irônicos, Venenosos e Sarcásticos -Manuel Antônio Álvares de Azevedo

231.Poemas -Safo

232.Poemas Selecionados -Florbela Espanca

233.Poemas Traduzidos -Fernando Pessoa

234.Poesias Inéditas -Fernando Pessoa

235.Poética -Aristóteles

236.Primeiro Fausto -Fernando Pessoa

237.Quincas Borba -Machado de Assis

238.Quincas Borba -Machado de Assis

239.Redondilhas -Luís Vaz de Camões

240.Rei Lear -William Shakespeare

241.RELIQUIAE -Florbela Espanca

242.Ricardo III -William Shakespeare

243.Romeu e Julieta -William Shakespeare

244.Schopenhauer -Thomas Mann

245.Seleção de Obras Poéticas -Gregório de Matos

246.Senhora -José de Alencar

247.Sermão da Sexagésima -Pe. Antônio Vieira

248.Sonetos e Outros Poemas -Manuel Maria de Barbosa du Bocage

249.Sonetos -Luís Vaz de Camões

250.Sonho de Uma Noite de Verão -William Shakespeare

251.Tito Andrônico -William Shakespeare

252.Trabalhos de Amor Perdidos -William Shakespeare

253.Triste Fim de Policarpo Quaresma -Afonso Henriques de Lima Barreto

254.Tudo Bem Quando Termina Bem -William Shakespeare

255.Ubirajara -José de Alencar

256.Ulysses -James Joyce

257.Uma Estação no Inferno -Arthur Rimbaud

258.Uns Braços -Machado de Assis

259.Utopia -Thomas Morus

260.Várias Histórias -Machado de Assis

261.Viagens de Gulliver -Jonathan Swift

262.Via-Láctea -Olavo Bilac

263.Vozes d’África -Antônio Frederico de Castro Alves

ÚLTIMAS AQUISIÇÕES

DADOS DE AQUISIÇÃO DO ACERVO

O UNIDESC no intuito de melhorar e atualizar o acervo bibliográfico da Biblioteca informa aos alunos e professores que foram adquiridos um grande número de livros e realizadas assinaturas de periódicos.

LIVROS:

ÚLTIMOS 12 MESES

AGRONOMIA

CIÊNCIAS CONTÁBEIS

ANO 2013: 773 VOLUMES

ANO 2014: 1460 VOLUMES

ANO 2015: 519 VOLUMES

ANO 2016: 841 VOLUMES

ANO 2017: 499 VOLUMES

ANO 2014 Até agora: VOLUMES

Os Cursos que tiveram maior número de aquisições nos últimos 12 meses foram:

AGRONOMIA: 500 Volumes – valor investido: 39.646,50

ADMINISTRAÇÃO  e CIÊNCIAS CONTÁBEIS: 670 volumes – valor investido: 7.503,00

ACERVO ONLINE

Ainda tem dúvidas?

Estamos prontos para lhe ajudar.